O Mapa do bom gestor para o fim da pandemia!

Gestão EscolarGestão Escolar

O Mapa do bom gestor para o fim da pandemia! Depois de longos meses fechadas, as escolas finalmente começam a reabrir seus espaços físicos, ainda que parcialmente. Será a hora da verdade para gestores escolares, que estarão diante de mais um momento de tensão num ano que já foi para lá de tenso!

Afinal, eles terão milhares de detalhes para administrar e carregarão a responsabilidade pela saúde de todos. O foco estará sobre o gestor, de quem famílias e colaboradores esperam liderança incontestável nesse momento. Diante de tantos detalhes e incertezas, você precisará de um mapa do bom gestor para guiá-lo na reabertura.

Calma, gestor. Respire. O Educador360 está aqui para ajudá-lo com o Mapa do Bom do Gestor para o fim da pandemia. Assim sendo, seguem cinco dicas sobre aspectos que você precisa observar para fazer uma retomada suave e segura.

Vamos à elas:

Aprenda com quem voltou antes de você

Anteriormente a nós, Muitos países ao redor do mundo já reabriram suas escolas depois da pandemia e podem ser estudados como exemplos, com seus erros e aprendizados. Você não sabe onde acessar essas experiências? Nós facilitamos esse caminho para você. Clique nos links associados ao nome de cada país para saber como foi o retorno na África do Sul, na Alemanha, na Austrália, na China, na Coreia do Sul, na Dinamarca, na França, em Israel, na Nova Zelândia e em Portugal.

Capriche na comunicação

Manter a comunidade amplamente informada sobre protocolos de segurança, medidas em estudo e desenrolar dos acontecimentos é fundamental para que as famílias se sintam seguras. Lembre-se, muitas estão receosas de voltar ao espaço físico da escola e precisam sentir que todos os cuidados estão sendo tomados.

Exercite a empatia

Certamente você terá, em sua escola, famílias que estão totalmente inseguras com o retorno e outras que precisam com urgência da volta ao espaço físico. Independentemente da sua opinião pessoal a respeito do tema, pratique a empatia para entender as necessidades de todos. Não há certo ou errado neste momento, existem apenas diferentes visões sobre a situação e todas têm algum tipo de razão. Sentirem-se ouvidos e contemplados vai ajudar a atenuar as tensões entre os diferentes grupos.

Seja flexível

É provável que a esta altura, sua escola já tem um protocolo sanitário pronto, adequado à sua realidade. Ele deve ser implementado e seguido por todos. O que não significa que seja uma lei imutável. Tenha flexibilidade para fazer avaliações semanais das medidas em vigor e implementar correções onde elas forem necessárias. Tudo será muito dinâmico nessa retomada.

Desenvolva as habilidades socioemocionais

Elas serão altamente necessárias neste recomeço. Todos teremos de lidar com imprevistos, com stress, com frustrações, e precisaremos ativar nossa capacidade de analisar problemas e de propor soluções criativas para eles. Como já dissemos aqui no Educador360, nada mais será como antes, e o recomeço trará novas demandas para professores e também para as famílias.

Quer saber mais sobre desafios trazidos pelo “novo normal” para os gestores? Então clique aqui. Um bom planejamento da volta e um bom retorno para a sua escola.

72 Comentários. Deixe novo

  • Lecy Scanholatte Feitosa Alves
    07/10/2020 20:44

    Ainda não sabemos quando será o retorno.e se retornaremos esse ano, pois sem vacina não é seguro.Vamos preservar as vidas.Os conteúdos podemos s recuperar, vidas perdidas não.

    Responder
  • Bruna Aparecida da Silva
    08/10/2020 02:48

    Com certeza este retorno é algo muito complicado, pois envolve muitas questões, porém as dicas foram essenciais para este “novo normal”.

    Responder
    • wanderlaine Fernandes da Silva Diad
      09/10/2020 03:01

      Sabemos que este retorno não será fácil,mas temos que lidar com ele da melhor forma para que seja seguro,agradável e saudável ,pois já tivemos um ano turbulento então que fazer de tudo para ser um retorno seguro,teremos que lidar com as pessoas com mais empatia ,resolver os problemas da melhor forma .

      Responder
  • ROSEMEIRE TAVARES DA SILVA CAMPOS
    08/10/2020 12:35

    Ainda é difícil imaginar esse retorno, esse “novo normal”!

    Responder
  • Daniela Broio Bortolan
    08/10/2020 12:44

    Não concordo com o termo ” novo normal”, vivemos em uma incerteza constante do que virá. Entretanto é importante sempre ler e estar informado .

    Responder
  • Ana Maria Urquiza de Oliveira
    08/10/2020 13:29

    O retorno já está acontecendo em alguns lugares. Que seja feito com os devidos cuidados para que seja positivo no maior número possível de aspectos, visto que, o que ainda prevalece é a incerteza. No entanto, é preciso retomar o que foi interrompido em nossas vidas, no caso da educação, as aulas presenciais e, vale ressaltar que, nesse campo de experiência que a vida nos colocou, vimos na prática, que na escola pública a educação à distância é inviável.

    Responder
  • Luciane Nunes de Lima
    08/10/2020 13:48

    Para um novo normal será necessário a colaboração de todos envolvidos ( Equipe Gestora, Professores, Familiares , alunos etc… Se todos fizerem sua parte esta nova fase poderá ter melhores resultados. Porém estamos ciente de que nossas escolas não tem estrutura para pensar num retorno neste momento .

    Responder
  • Lucineia
    08/10/2020 15:35

    Através de cinco dicas do texto, o gestor poderá analisar como irá receber seus alunos e professores ao retorno da sua escola.

    Os textos anteriores de países que iniciaram o retorno das aulas nos deram exemplos de como o gestor deve proceder.

    Informação – O gestor deve manter informada a comunidade sobre os protocolos de saúde, planejamento escolar e outras informações necessária para que as famílias se sintam seguras.

    Saber ouvir, ter empatia com o próximo. Não fazer uso da violência verbal.

    Verificar sempre referente aos protocolos de saúde e higienização.

    Trabalhar a questão socioemocional, pois, afinal de contas estaremos num modelo “novo” de sociedade.

    Responder
  • ROSEMEIRE DE SOUZA MOREIRA SANTOS
    08/10/2020 16:27

    Temos que ter muita consciência pra esse retorno, covid-19 não é brincadeira

    Responder
  • Alzira Anese
    08/10/2020 17:11

    Entendo a necessidade dos pais, principalmente das crianças de creche, mas o retorno é bem complicado, uma vez que não há protocolos para faixa etária de 0 à 3 anos.

    Responder
  • Marcia Morales Catalano Simões
    08/10/2020 18:39

    Hoje, mais do que nunca, o retorno está aí, e, com ele, todos os cuidados necessários para se ter o mínimo de segurança e tranquilidade possível ao retornar. Parceria, protocolos, organização, flexibilização, acolhimento e decisões acredito serem palavras e ações para um “sucesso” nesse retorno.

    Responder
  • Aparecida Lidia Jovaneli
    08/10/2020 19:17

    O retorno mesmo que seja parcial nesse momento deve ser realizado com muito cuidado e respeito. Dando orientações, observando os países que retornaram, saber ouvir, ter empatia, não fazer uso de violência verbal, trabalhar com os protocolos sempre.

    Responder
  • Que o retorno seja feito com consciencia e respeito!

    Responder
  • Meiry Pascoalina Maciel
    08/10/2020 21:11

    Nós seres humanos possuímos a habilidade de nós adaptarmos em qualquer situação. Estamos sempre nos reinventando. Portanto, no nosso retorno não será diferente. Com certeza iremos nos adaptar e oferecer o nosso melhor.

    Responder
  • Anna Siciliano
    08/10/2020 21:14

    Muito importante desenvolver as habilidades sócioemocionais, como a empatia e não esquecer dos cuidados com os protocolos de higiene.

    Responder
  • Maria José De Oliveira Vaz
    08/10/2020 21:39

    Essas dicas com certeza contribuirão para um retorno seguro, onde teremos nossas próprias experiências que espero que sejam as melhores.

    Responder
  • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
    08/10/2020 21:45

    Precisamos estar todos seguros, com recursos para manter os protocolos, com cautela e acolhimento.

    Responder
  • edina pedro
    08/10/2020 22:42

    Todos estão inseguros para o retorno das aulas. Acredito, que o Gestor neste momento terá como principal função dar segurança tanto aos profissionais que atuam na escola, as famílias e crianças que utilizam este espaço.

    Responder
  • Edileusa
    08/10/2020 23:46

    Desenvolver as habilidades socioemocionais , empatia e trabalho em equipe.

    Responder
  • O momento é de atenção , quando voltarmos todo cuidado é pouco.

    Responder
  • ERIKA IZABEL TIAGO DE VASCONCELOS
    09/10/2020 00:41

    Como é difícil retornar após 6 meses. Imagino a tensão de cada professor e gestor. Mas acredito que precisamos voltar pois muitas crianças estão sofrendo com a escola fechada.

    Responder
  • Adriana Rocha
    09/10/2020 02:30

    PENSAR POSITIVO ,AGIR COM SABEDORIA E PRUDENCIA.

    Responder
  • Falar já de um retorno nos dá ainda insegura, principalmente porque vimos alguns exemplos dos outros países de como foi. Mas na medida da volta precisamos sim ter muita atenção as pessoas e aos cuidados.

    Responder
  • Cautela, responsabilidade e boas ações terão que andar lado a lado com a volta as aulas nesse novo período. Olhar atento e humanizado para as famílias e para as crianças.

    Responder
  • Maria das Graças Viana Alves
    09/10/2020 12:35

    Estamos vivendo tempos de muitas incertezas. Espero que o retorno ocorra com muita segurança,
    e obedecendo os protocolos de higiene .

    Responder
  • Viviane Ribeiro dos Santos Godoi
    09/10/2020 12:58

    Falar sobre empatia não é tão simples, mesmo vivendo um período diferente e de tanto aprendizado, o exercício de se colocar no lugar do outro é uma meta que nós seres humanos temos muita dificuldade. Exigimos do outro e não fazemos o mesmo. A verdade é que não existe educação infantil sem interação e acolhimento, portanto diante de tantos protocolos incertos, fica impossível garantir a segurança de todos. Trata-se de oferecer um serviço falho e isso deve ser a tarefa mais desafiadora e triste para um educador ou gestor.

    Responder
  • Sabemos que o retorno vai acontecer mas é preciso planejamentos, cautela para comtemplar todos os envolvidos e com segurança.

    Responder
  • Claudia Lumberg
    09/10/2020 13:23

    Concordo com a colega Luciane,quando diz que “será necessária a colaboração de todos os envolvidos” para o retorno ao novo normal,com muita empatia,comprometimento e segurança.

    Responder
  • Lucineide
    09/10/2020 13:39

    Quando fala de um retorno nos da ainda insegurança, muito difícil imaginar esse retorno, esse “novo normal”!

    Responder
  • Rosemaire
    09/10/2020 13:51

    Certamente que o retorno acontecerá, como foi citado em um dos comentários e em todos os textos lidos e lives falando a respeito do assunto, sabemos das necessidades das famílias, crianças, não tem sido fácil para ninguém, no entanto, a volta as aulas presenciais causa incertezas a todos os envolvidos, obviamente que todos os cuidados deverão ser tomados, não só pelo gestor, mas por todos os envolvidos no processo.

    Responder
  • Célia Cristina
    09/10/2020 14:40

    Esse retorno que chamamos de “novo normal” traz muitas preocupações a todos. É importante que se siga com rigor todos os protocolos de segurança.

    Responder
  • Helena Regina de Santana
    09/10/2020 14:41

    Trabalho em equipe, empatia e protocolos garantidos para todos.

    Responder
  • Hilda matos
    09/10/2020 14:50

    O retorno será desafiador, teremos que ter muitas habilidades para trabalhar com todas as situações. As crianças estarão ansiosas, pais preocupados e professores buscando ser o melhor e mais eficiente possível para ajudar neste momento!

    Responder
  • ANA PAULA Neves do Nascimento
    09/10/2020 15:39

    Independente de quando for o retorno essas informações serão válidas.

    Responder
  • Maria Eleni Teles Silva
    09/10/2020 16:23

    Quando houver o retorno com protocolos e segurança essas informações serão de grande valia.

    Responder
  • Informações válidas para o retorno, e o que mesmo ocorra com segurança e a disponibilidade da vacina.

    Responder
  • Não gostaria de ser pessimista mas… Infelizmente a realidade está muito diferente dos protocolos apresentados… E assim, todos corremos riscos…

    Responder
  • Maria Aparecida de Lima e Albuquerque
    09/10/2020 19:27

    Precisamos retornar a vida escolar sim, mas precisamos ter a garantia que voltaremos com segurança, e o respaldo do município com equipamentos de proteção.

    Responder
  • PATRICIA TELES GONÇALVES
    09/10/2020 19:43

    Esse retorno é improvável antes da vacina mesmo tendo cautela crianças gostam e necessitam desse contato do abraço do acalento e como dizer que não pode abraçar e muito além disso, o retorno deve ter um preparo desse novo normal e como também acalmar apazigar os pais.

    Responder
  • Marlene Terzi de Moura
    09/10/2020 20:41

    Não é só difícil para os gestores, é para toda a equipe escolar, mas sem dúvida, caberá à gestão escolar, várias medidas que terão que providenciar para o retorno às aulas presenciais com toda a segurança. Deve esse retorno, ser compartilhado com toda a equipe escolar e com a comunidade. Todos unidos para o fortalecimento das ações, dos protocolos de segurança e higiene, objetivando a saúde física e emocional de todos.

    Responder
  • Regimara de Souza
    09/10/2020 22:44

    Assim como saímos de uma rotina de anos em sala de aula e passamos para uma educação a distância com qualidade e competência. Tenho certeza que conseguiremos nos adaptar ao “Novo normal”. Pois provamos que somos capazes de nos reinventar e sair ainda mais fortes desta situação.

    Responder
  • ELAINE FERNANDES FERREIRA
    09/10/2020 23:02

    Realmente, podemos imaginar que todos estaremos no mesmo barco, cheios de insegurança frente ao que é certo e errado, as necessidades de atendimento para o protocolo exigido e os recursos financeiros e de estrutura que, na maioria das escolas, deixa muito a desejar. Contudo, precisamos ser corajosos para os novos desafios!

    Responder
  • DORACI ALVES DE SOUZA
    09/10/2020 23:47

    A volta “ao novo normal”, pra mim ainda é bem difícil, pois trabalho com idade de 0 a 3 anos, o não contato físico nessa idade é inviável, a criança nessa etapa não tem discernimento do que pode ou não em uma pandemia. E seguir protocolos então, não consigo imaginar, se nem os maiores tem essa noção, imagino os menores.

    Responder
  • Marcela Barbosa Ribeiro
    10/10/2020 01:46

    Uma certeza: um dia vamos voltar. Agora as dúvidas são tantas… quando? Como? Teremos o material necessário, tanto humano, quanto de higiêne? O que nos resta é aguardar.

    Responder
  • Claudia M. Ferreira
    12/10/2020 19:33

    É difícil falar em retorno as aulas presenciais com segurança sem a vacina, pois vivemos em uma realidade que, o número de casos é alto embora esteja em queda, contudo esta queda dá-se num patamar muito elevado se consideramos os demais países que já passaram por esse momento.
    Um outro ponto que cabe aqui salientar é a comunicação conflitante por parte das autoridades que, não possuem um discurso unificado o que por sua vez, confunde a população.
    No que diz respeito aos pais, estes encontram-se perdidos, inseguros e muitos precisam do espaço físico da escola.
    O que me preocupa é o fato de que, as escolas públicas não encontram-se preparadas no quesito protocolos sanitários, não por má vontade, mas sim por, falta de recursos e treinamentos.
    Por fim, concluo que o retorno as aulas presenciais deve acontecer somente após a vacina, pois voltar a escola é importante e necessário, mas proteger vidas é primordial.

    Responder
  • Carolini do Couto
    13/10/2020 15:07

    O novo normal é um desafio para professores, mas principalmente de crianças tão pequenas como as minhas que necessitam de atenção, afeto, contato e muita troca de tudo!

    Responder
  • Zildete Mendes da silva
    13/10/2020 15:26

    Na escola pública sera muito difícil seguir os protocolos, principalmente no quesito higiene, com a estrutura que é oferecida.
    -banheiros pequenos
    -equipe de trabalho insuficiente.
    . Entre outras dificuldades que enfrentamos

    Responder
  • Cláudia
    13/10/2020 16:29

    Boas dicas, será outro grande desafio que iremos alcançar.

    Responder
  • Thais de Souza Santos
    13/10/2020 18:25

    Muito trabalho a ser feito, mas que juntos iremos conseguir.

    Responder
  • Marjorie
    13/10/2020 22:32

    Com certeza a volta será um momento bastante delicado, sendo algo que necessita ser visto com muita cautela. No entanto alguns pontos tendem a ser levado em conta e colocado em prática: o trabalho em equipe, o dialogo ,empatia esses são aspectos de suma importância!

    Responder
  • EDJANE MARTINS S. MINIGHITI
    14/10/2020 17:55

    Esse texto é um pouco genérico. Obviamente deve ser considerado e pode servir como um instrumento para tranquilizar os gestores e dizer que estamos todos juntos numa situação inusitada. Entretanto, há as secretarias de educação e suas cobranças; há as famílias que solicitam e chegam a exigir a retenção dos alunos; há as crianças com necessidades especiais, as quais suas famílias acreditam piamente que a retenção desses alunos é essencial, pois na sua concepção “ não aprenderam nada”.
    As pessoas custam aceitar que as aprendizagens ocorrem a todo momento. Seja em casa, junto aos seus familiares ou em escolas, na sala de aula.
    São aprendizagens diferentes. Mas, em meio a todo esse caos da pandemia, alguma coisa se há de aprender. Isso é tão verdadeiro que podemos afirmar que Jamais seremos os mesmos!

    Responder
  • Iara Ap. da Silva Arruda Romano
    14/10/2020 18:58

    Ainda está difícil pensar em um retorno seguro,não podemos colocar vidas em riscos.

    Responder
  • Conceição de Maria Rodrigues Lopes
    14/10/2020 19:25

    O retorno mesmo que parcial nesse momento, deverá ser feito com muito cuidado e respeito.Retorno seguro somente com a vacinação contra o covid.

    Responder
  • Ruth Adami
    15/10/2020 01:26

    Precisamos de parcerias compromissadas,protocolos e um retorno responsável,pois estamos falando de vidas.

    Responder
  • Elisângela
    15/10/2020 02:49

    Acredito que estamos todos nos informando, estudando, aprendendo, discutindo, planejando, para um retorno seguro. Portanto esse retorno não deve acontecer este ano. E no retorno das aulas é um recomeçar, e a equipe escolar precisa estar unida e com foco no mesmo objetivo, o bem estar das crianças!

    Responder
  • KELE CRISTINA CARDOSO DA SILVA DURRE
    15/10/2020 07:51

    Os protocolos devem ser seguidos pontualmente

    Responder
  • Viviane Maria de Souza Carvalho
    15/10/2020 19:46

    Acredito que a comunidade escolar fará seu melhor, mas precisamos da parceria sincera das famílias e fundamental o trabalho dos órgãos competentes para a implantação dos protocolos.

    Responder
  • Regiane Aparecida Martinez
    15/10/2020 23:45

    Os protocolos tem que ser bem pensados e analisados principalmente na educação infantil! Além de que não esquecer a base da educação infantil que é a interação e a socialização!

    Responder
  • Daniela Taís Ferreira de Melo
    16/10/2020 12:03

    O retorno, chegará um momento que será inevitável. Teremos muitos desafios e uma longa caminhada a percorrer, por isso precisaremos nos preparar cumprindo todos os protocolos, as orientações e buscar parceria e diálogo com as famílias.

    Responder
  • Edileuza
    16/10/2020 15:22

    O retorno será um momento de estabelecer muitos protocolos , mas principalmente de muita parcerias e responsabilidades, tanto da escola e comunidade escolar, quanto do poder público, que terá de assumir seu papel sem jogar para a escola toda essa responsabilidade.

    Responder
  • Edneusa Silva de Oliveira Sales
    16/10/2020 19:52

    Vai sempre sobrar para quem está na escola…

    Responder
  • Marines Dumont Domingues Silva
    17/10/2020 02:15

    O recomeço acontecerá, isso é fato…não sabemos quando, mas sabemos que este momento se aproxima. Sinceramente o que preocupa é que até o momento temos discutido, elaborado protocolos de segurança, orientado as famílias por meio das ferramentas digitais, procurando transmitir segurança, mas não temos visto nenhuma ação em nossa unidade escolar como reposição de torneiras, reparos nas instalações sanitárias, reformas nas salas onde não há ventilação. O fim do ano se aproxima e isso preocupa muito. Este período de suspensão de aulas presenciais deveria ser otimizado para estas ações.
    Claro que precisaremos de muita união entre todos os envolvidos. Empatia e acolhimento serão primordiais. A questão estrutural tem que estar resolvida para pensar em recomeço.

    Responder
  • ROSEMEIRE DE OLIVEIRA SOUZA
    19/10/2020 18:52

    Concordo não existe novo normal,é sim novo momento,diferente do que tinhamos como normal,as criancas e os adultos não poderão se tocar,terão que usar máscaras,lidar com o medo da contaminação

    Responder
  • Telma Ferreira Sinezio
    20/10/2020 02:15

    Pensar no retorno sem dúvidas teremos que ser empáticos e flexível.

    Responder
  • Cleide Aparecida da Silva Brito
    20/10/2020 16:39

    O retorno com certeza irá acontecer e devemos (todos os envolvidos na educação), estarmos preparados para receber nossas crianças com segurança, necessitando para isso manter uma parceria com a família e comunidade, seguindo os protocolos de higiene. Caberá ao gestor a organização a flexibilização e o acolhimento dos professores, funcionários e comunidade para a gestão desse novo normal, tendo como base o retorno em outros países. Sabemos que não será nada fácil.

    Responder
  • Parece fácil quando lemos o texto, mas sabemos que na prática, considerando as particularidades de cada escola, é bem complicado.

    Responder
  • Aparecida
    23/10/2020 01:00

    Grandes desafios para todos, principalmente para os gestores.

    Responder
  • Juracy Valeriano Dutra Marcial
    23/10/2020 02:34

    Na rede Municipal onde eu trabalho não tenho conhecimento de planejamento para retorno, referente às escolas, por enquanto não houve nenhuma melhoria, resumindo, esperamos a vacina.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu