O papel da família na nova Educação

Gestão Escolar

O papel da família na nova Educação. Alunos, professores, gestores… Todos esses atores fundamentais na relação de ensino-aprendizagem foram impactados pelas transformações causadas pela pandemia no mundo da Educação. Como não poderia ser diferente, as mudanças do “novo normal” vão chegar também às famílias, o quarto pilar essencial para que a educação de jovens e crianças aconteça com qualidade.

Em conclusão a nossa série sobre o RECOMEÇO, veremos alguns aspectos no papel da família que serão transformados na Nova Educação, um modelo que vai exigir muito mais parceria entre as famílias e as instituições de ensino.

Presença Maior

Certamente famílias presentes e atentas sempre foram fundamentais no processo de educação. A pandemia, no entanto, trouxe um novo significado para essa presença nos meses em que o fechamento das escolas colocou pais e mães no papel de “auxiliares de professor”. No RECOMEÇO, a maior compreensão do trabalho pedagógico, conquistada durante essa experiência, deve gerar um efeito positivo de  manter as famílias mais próximas da escola, acompanhando e colaborando mais de perto para o desenvolvimento dos filhos.

Esforço financeiro

Salas menores, por causa do distanciamento, podem aumentar os custos de funcionamento das escolas, com mais professores e novos espaços físicos. Essa nova realidade, eventualmente, vai exigir um esforço financeiro maior das famílias para manter a instituição em bom funcionamento.

Compromisso coletivo

O retorno ao espaço físico acontecerá repleto de receios quanto à possibilidade de contaminação. O papel das famílias será importante para garantir que os alunos cumpram os protocolos estabelecidos pela escola, e também para evitar, nos primeiros meses, exposição desnecessária a risco. Se todos queremos escolas abertas, será importante pensar duas vezes antes de frequentar eventos sociais com grande número de pessoas nos finais de semana, por exemplo, arriscando-se a contrair Covid-19. Será um compromisso coletivo pela saúde de todos e pela manutenção da escola aberta.

Apoio emocional

Muitas crianças e jovens podem voltar com medo do coronavírus, ou simplesmente inseguros quanto ao conteúdo que ficou perdido durante o fechamento das escolas. Será fundamental que pais e mães entendam que o mais importante, nesse momento, é passar confiança aos filhos quanto ao futuro. Eles terão tempo para retomar o aprendizado nos próximos anos de escola. O que mais precisam, agora, é de segurança dos pais para entender as próprias emoções, para saber lidar com a adversidade e para desenvolver a autoconfiança.

Educação híbrida

Uma das conquistas da pandemia foi a percepção de que o processo educativo não se restringe ao espaço físico da sala de aula. Na retomada, professores, gestores e alunos podem se beneficiar dessa descoberta para replanejar a maneira de ensinar e de aprender. O apoio das famílias será importante também nessa nova configuração para ampliar as possibilidades de aprendizagem de seus filhos.

Com este texto, encerramos a série sobre o RECOMEÇO para a educação. Não deixe de conferir nossos textos sobre as mudanças para alunos, professores e gestores . Compartilhe essas ideias com a comunidade de sua escola e um bom RECOMEÇO para todos.


88 Comentários. Deixe novo

  • Tem muitas famílias acompanhando as atividades da escola e interagindo com a escola. Mas também temos família que tem dificuldade para fazer isso ,não só por falta de internet ,falta de tempo e outros motivos.

    Responder
    • Infelizmente não são muitas famílias que estão conseguindo acessar o portal e que nos dão retorno.

      Responder
    • ROSEMEIRE DE OLIVEIRA SOUZA
      06/10/2020 15:46

      Todo recomeço,é um momento delicado,não sabemos muito bem como lidar com algo novo,será uma aprendizagem coletiva,nosso emocional nunca fora tão testado,e buscar o equilíbrio,dar um passo de cada vez,respirar fundo e pedir que Deus nos proteja.E difícil,pois sabemos que nem todos usam o bom senso,e procuram cuidar de si e do próximo.

      Responder
  • Jose Roberto Vidal
    30/09/2020 13:15

    Novas formas de ensino-aprendizagem, ocorreram, mas mostraram-se ineficazes, porque uma estava sem o complemento da outra, exemplo do trabalho remoto, seria maravilhoso se aliado a isto, ocorressem as presenciais também, porque o aluno e a família, sem a intervenção presencial do professor, ficam à deriva, no conteúdo e aprendizado, pois as dúvidas que surgem teriam um retorno mais eficaz, sei que a pandemia dificultou Tudo, mas são alternativas a serem pensadas.

    Responder
  • Estamos vivendo um turbilhão de sentimentos,inseguros com tudo que estamos vivenciando antes de qualquer decisão é preciso rever todas essas realidades valorizando cada vida.

    Responder
  • Estamos vivendo um turbilhão de sentimentos,inseguros com tudo que estamos vivenciando antes de qualquer decisão é preciso rever todas essas realidades valorizando todos as crianças as famílias, professores funcionários, enfim todos.

    Responder
  • Maria Neusa Soares Pavan
    30/09/2020 17:23

    Precisamos enquanto educadores nos empenharmos muito, para que realmente essa parceria família escola aconteça. Será positivo para todos. Precisamos nos apoiar uns aos outros para beneficiar o aluno.

    Responder
  • Iara Ap. da Silva Arruda Romano
    30/09/2020 17:38

    Tudo será diferente, eu acredito que depois de tudo que estamos passando os pais irão estar mais presente na vida dos seus filhos e a parceria com a escola vai acontecer como sempre desejamos.

    Responder
  • Infelizmente, ainda temos uma parcela de pais e famílias que não vem a importância desse trabalho em conjunto família e escola, para o bom desenvolvimento dos seus filhos(as), ainda há aqueles que acham que essa é função exclusiva da escola.

    Responder
  • Maria Alessandra
    30/09/2020 19:08

    Agora é o momento de unirmos forças, parceria é tudo. Acredito que atualmente as famílias já estão mais próximas das escolas e principalmente no acompanhamento pedagógico dos filhos.

    Responder
  • M. Alessandra
    30/09/2020 19:09

    Agora é o momento de unirmos forças, parceria é tudo. Acredito que atualmente as famílias já estão mais próximas das escolas e principalmente no acompanhamento pedagógico dos filhos.

    Responder
  • Ana Maria Urquiza de Oliveira
    30/09/2020 19:35

    A criança que tem o acompanhamento escolar dos pais rende mais e sente de perto o valor da aprendizagem, pois vê no concreto do dia a dia familiar, exemplos como os pais o ajudarem com as lições de casa, conversarem sobre o dia de aula. No contexto do pós-pandemia, acredito ser muito mais valioso e necessário esse acompanhamento, que se faz necessário, inclusive, como apoio emocional, o qual o aluno precisará mais também da escola. Enfim, a parceria família e escola sempre funcionou, mesmo agora em tempos difíceis haverá de continuar, a depender do empenho de ambos os lados.

    Responder
  • Lucineia
    30/09/2020 20:29

    Na verdade, não precisaria acontecer um ” Covid” para que as famílias sejam parceiras da escola, mas acredito que os pais tiveram a experiência de dar “aula ” ao filho e valorizar mais o trabalho do professor.
    Deixando a critica de lado, realmente, o acompanhamento familiar junto a escola só vai nos enriquecer e enriquecer as ações dos filhos, dos alunos.
    A logística de salas de aulas com menos alunos, com certeza vai gerar contratação de mais professores, mais concursos públicos.
    Acredito que o compromisso é de todos e a responsabilidade também.
    Concordo quando a questão é emotiva, garantir e transmitir segurança aos nossos filhos em primeiro lugar.
    Somos seres adaptáveis, criativos e sempre buscamos soluções para os problemas e que neste caso foi para nossos alunos ter acesso as aulas, utilizamos varias formas de comunicação. O ensino hibrido( apesar de não ser novidade) veio para ficar e a próxima etapa é saber direcionar de forma correta a educação hibrida com a sala de aula normal( vamos dizer assim).

    Responder
  • Anna Siciliano
    30/09/2020 23:15

    O acolhimento emocional é fundamental porque os educandos retornarão com medo do coronavírus e da defasagem nos conteúdos , transmitir segurança é importante . Sobre o ensino híbrido, é uma oportunidade que possibilita ao professor se reinventar , usando de metodologias ativas , como por exemplo : a gamificação .

    Responder
  • simone abdala
    01/10/2020 00:09

    Muitos pais ainda estão inseguros com o retorno de seus filhos a volta as aulas e também os protocolos se segurança são poucos divulgados tanto das escolas como dos governos.

    Responder
  • Rosemaire
    01/10/2020 12:22

    Sem dúvida, teremos um esforço redobrado em todos os requisitos do texto, afinal é novo para todos e o medo do contágio é geral, nesse momento todos os cuidados são exenciais.

    Responder
  • Daniela Taís Ferreira de Melo
    01/10/2020 12:53

    A pandemia trouxe não só o medo, mas um olhar diferenciado ao nosso modo de vida no geral… Nos fazendo enxergar novas maneiras de de se ver o mundo. Aquela correria que já não se faz mais tão necessária, ver que aquela necessidade por tanta coisa que parecia imprescindíveis já não é mais tão importante… Tendo a oportunidade de um novo recomeço, participar mais da família, estar presente no processo de ensino e aprendizagem de seus filhos, ter os professores e equipe escolar como parceiros… Será um retorno diferenciado, muitos obstáculos a percorrer, com uma atenção ainda maior ao emocional de nossas crianças, além do cuidado e consciência no coletivo que será muito importante e necessário.

    Responder
  • Cleide Aparecida da Silva Brito
    01/10/2020 13:30

    Realmente,as famílias terão que se reinventarem também, pois esse novo modelo de aprendizagem veio para ficar.

    Responder
    • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
      01/10/2020 18:25

      A parceria entre família e escola é muito importante, precisamos nesse possível retorno acolher os nossos alunos, remanejar a maneira de ensinar e aprender é fundamental.

      Responder
  • Luciane Nunes de Lima
    01/10/2020 14:17

    Esta Pandemia esta servindo para aproximar os Pais de seus Filhos , pois de uma certa forma as famílias estão tendo uma participação mais ativa no aprendizado de seus filhos aprendendo a valorizar e reconhecer melhor o trabalho de um Professor.

    Responder
  • Aparecida Lidia Jovaneli
    01/10/2020 18:05

    Penso que não precisava acontecer a Pandemia para os pais se aproximarem dos filhos e assim como os filhos dos pais.

    Responder
  • wanderlaine Fernandes da Silva Dias
    01/10/2020 18:20

    Sem dúvidas temos feito o nosso melhor enquanto professores ,e as famílias também muitos tem se esforçado para garantir que seus filhos realizem as atividades propostas .Sabemos que não tem sido fácil tanto para nós professores quanto para os pais.

    Responder
  • Edileusa
    01/10/2020 18:36

    Tarefa difícil, mas espero mesmo que as famílias sejam mais comprometidas com a Educação das crianças, juntos escola e família como parceiros para um acolhimento emocional dos pequenos.

    Responder
  • ROSEMEIRE DE SOUZA MOREIRA SANTOS
    01/10/2020 20:32

    Estamos vivendo um momento de muita insegura, mas acredito que vai ficar tudo bem 🙌

    Responder
  • Este momento trouxe mais aproximação da família e escola.

    Responder
  • Este momento estreitou o relacionamento entre família e escola.

    Responder
  • Maria José De Oliveira Vaz
    01/10/2020 21:53

    A contribuição da família nessa parceria faz toda diferença e garante a ampliação das possibilidades de aprendizagem das crianças.

    Responder
  • Viviane Maria de Souza Carvalho
    01/10/2020 22:10

    Viviane Maria de Souza Carvalho

    Responder
    • Viviane Maria de Souza Carvalho
      01/10/2020 22:16

      Esperamos que a retomada seja um recomeço para todos, famílias, alunos e grupo escolar, com maior respeito, valorização e comprometimento com a aprendizagem e com a Educação. Que todos tenham uma visão diferente para a escola. que seja um recomeço positivo para a Educação no Brasil.

      Responder
  • ANA PAULA Neves do Nascimento
    01/10/2020 23:29

    Esta pandemia de certa forma demonstra aos pais sua responsabilidade com os filhos, há algum tempo existem discussões falando sobre a mistura nos papéis escola-familia.

    Responder
  • ELAINE FERNANDES FERREIRA
    01/10/2020 23:34

    De forma natural e gradativa, pais, professores e gestores deverão continuar conectados, por meio das incríveis ferramentas tecnológicas que todos acabaram aprendendo a usar, fortalecendo o estreitamento de vínculo entre as partes numa parceria cada vez mais indissociável.

    Responder
  • Vera Lucia Romanich
    02/10/2020 00:39

    O retorno às aulas presenciais pode trazer medo e insegurança pois os espaços físicos das escolas públicas não favorecem o distanciamento seguro entre os alunos

    Responder
  • PATRICIA TELES GONÇALVES
    02/10/2020 01:14

    As atividades ficou muito confuso para as famílias conseguirem acompanhar por vários aspectos, falta de tempo, não ter internet, e principalmente a dificuldade em entender para poder ensinar , auxiliar. Mas devemos lembrar que é um momento atípico que ocorreu e não foi por escolha e que depois da vacina onde podemos ter mais tranquilidade com certeza de alguma forma vamos encontrar forma em ajudar essa criança. Só não se deve retornar de forma precoce até mesmo porque nesse momento não vamos amenizar esse prejuízo de defasagem.

    Responder
  • Claudia Maria de lima pereira
    02/10/2020 02:47

    Muito bom, a maioria das familias participando, se tivesse internet pra todos que bom seria.

    Responder
  • Marcela Barbosa Ribeiro
    02/10/2020 04:19

    Os pontos levantados no texto são interessantes, mas precisamos pensar numa abordagem mais específica com relação as crianças pequenas e bem pequenas.

    Responder
  • Lucineide
    02/10/2020 11:16

    Eu sei que esse momento não tá sendo fácil pra ninguém.Sem dúvidas temos feito o nosso melhor enquanto professores,e as famílias também muitos tem se esforçado para realizarem as atividades propostas.Estamos vivendo um momento de muita insegurança,mas acredito que vai ficar tudo bem.

    Responder
  • Esse recomeço não será fácil, no entanto com ajustes será possível. Os pais nesse periodo de Pandemia, tem podido ver que sua presença na relação com a escola é super importante, mais que isso essencial.

    Responder
  • Claudia Lumberg
    02/10/2020 12:36

    Precisaremos ser mais parceiros(escola/família) para um ótimo acolhimento com nossos pequenos

    Responder
  • Marcia Morales Catalano Simões
    02/10/2020 14:08

    A parceria entre família e escola sempre foi buscada, mas, só agora é que de fato foi posta a prova. Avançamos muito nesse quesito porém sempre há o que se melhorar e avançar ainda mais. Todos nó, escola, família e principalmente nossas crianças ganham e muito com essa efetiva parceria.

    Responder
  • edina pedro
    02/10/2020 17:15

    Sempre almejamos mudanças na educação e maior participação das famílias na vida escolar dos filhos.
    E, hoje, as circunstâncias estão pondo em evidência a importância da família neste processo de parceria entre professora e pais.]
    A Pandemia trouxe uma avalanche que coloca em”xeque”: A educação é responsabilidade de todos e não só do professor.

    Responder
  • Edneusa Silva de Oliveira Sales
    02/10/2020 19:54

    Compromisso de todos

    Responder
  • Edneusa Silva de Oliveira Sales
    02/10/2020 19:55

    Compromisso de todos, família, escola, governo

    Responder
  • Marlene Terzi de Moura
    02/10/2020 20:17

    Com esses novo modelo educacional à distância com aulas remotas, com certeza a parceria Família/Escola se intensificou bastante, de forma que mesmo com o retorno às aulas presenciais, esse modelo de parceria se fortaleceu de tal maneira, que com certeza, vai continuar, e deve continuar, em benefício sempre do aluno!!!

    Responder
  • Maria das Graças Viana Alves
    02/10/2020 21:44

    É de suma importância a parceria da família com a escola, os nossos filhos e alunos só tem a ganhar.

    Responder
  • DORACI ALVES DE SOUZA
    02/10/2020 22:01

    Nesse momento de tanta insegurança, temos que juntar forças para um total comprometimento das Instituições de Ensino e das famílias para que esse “Novo normal”,
    não deixe nossos alunos com o desenvolvimento pedagógico em déficit e o RECOMEÇO seja confiante.

    Responder
  • Elizabete Avelino
    02/10/2020 22:27

    Precisamos como educadores nos empenharmos , para que realmente essa parceria família escola aconteça. Será vantajoso para todos. Para que com esse apoio poderemos beneficiar os alunos.

    Responder
  • Karina de Souza Vitor
    03/10/2020 01:22

    espero que pós pandemia, as famílias se comprometam mais com a vida escolar dos filhos.

    Responder
  • Infelizmente nesse ensino que todos fomos forçados a usar, escola e família, acabou mostrando mais ainda a ausência da famílias na vida escolar dos filhos. Temos famílias que ainda se negam a participar. Famílias que alegam que os filhos não aceitam estudar em casa, famílias que dizem que os filhos não querem fazer nada, famílias que preferem ou melhor querem reprovação escolar, famílias que deixaram todos esse tempo como uma grande período de férias, famílias que ainda estão contra os professores , em fim, como o texto diz, a família é um dos pilares para que a aprendizagem aconteça e para v haver mudanças minha educação as famílias precisam se conscientizar e exercer o papel que lhes cabem.

    Responder
  • A parceria da família e escola deveria ser primordial, se todos tivessem a consciência de que um depende do outro, seria mais fácil o processo de ensino aprendizagem das crianças!

    Responder
  • COARACI CORA OLIVEIRA DA CUNHA
    04/10/2020 14:34

    NESSE MOMENTO DE QUARENTENA, SE HOUVER RETORNO, FFA NECESSÁRIOS AS FAMÍLIAS SE COMPROMETER COM A ESCOLA NUM SENTIDO GERAL, ORIENTAR OS NOSSOS PEQUENOS ALUNOS A FAZEREM O USO DA MÁSCARA, E SE TIVER RESFRIADO OU QUALQUER OUTRO PROBLEMA DE SAÚDE, NÃO ENVI=A-LOS PARA A ESCOLA! ASSIM EVITAREM O CAUSO!!!

    Responder
  • Edileuza
    04/10/2020 15:32

    Sempre destaquei a importância da parceria com a família e o comprometimento com a vida escolar de suas crianças. Agora podemos perceber que sem a parceria entre escola e família o desenvolvimento das crianças é prejudicado

    Responder
  • Regimara De Souza
    04/10/2020 17:09

    Acho que a partir de agora as famílias terão uma nova perspectiva sobre a escola e a importância do professor nesse processo. Os professores vinham sendo muito desvalorizados por toda a sociedade. E agora, sentindo na pele, as famílias estão nos vendo com um outro olhar e muita coisa será diferente daqui pra frente.

    Responder
  • O papel da família sempre foi de extrema importância, porém mais do que nunca, ela precisa participar desse novo normal e ser parceira de verdade com a escola nesse momento tão difícil no mundo.

    Responder
  • A escola e a família precisam interagir cada vez mais para que essa parceria reverbere positivamente no processo educacional em prol dos nossos alunos.

    Responder
  • Marjorie
    05/10/2020 13:27

    Temos duas situações; a família que sempre esteve comprometida e a que nunca esteve. Seria uma oportunidade única na vida desse educando escola e família de fato serem parceiras, levando assim um aprendizado significativo para o aluno.

    Responder
  • Moniqui Ceratti
    05/10/2020 14:04

    Espero que na retomada as aulas, tenhamos mesmo o comprometimento maior das famílias no processo educativo. Isso seria ótimo!!

    Responder
  • Bruna Carolina de Oliveira
    05/10/2020 14:05

    O ensino híbrido vem, mais uma vez, afirmar a importância da participação da família na Educação dos estudantes. Mas me questiono se estamos todos numa mesma sintonia, valorizando e fazendo valer a educação à distância em conjunto com a presencial.

    Responder
  • Viviane Ribeiro dos Santos Godoi
    05/10/2020 14:17

    É preciso ter cuidado com a questão do esforço financeiro, estamos em tempos difíceis economicamente também. A parceira exigida é elementar independente do híbrido ou não. O diálogo e a responsabilidade são primícias para um mundo coeso e com o objetivo de melhorias para todos.

    Responder
  • Tais da Silva Amaral
    05/10/2020 15:06

    Espero que tenhamos mais parceria das famílias e valorização .

    Responder
  • Maria Eleni Teles Silva
    05/10/2020 15:16

    Será uma volta inédita para todos, ainda não saberemos nossas reações, não estamos totalmente seguros, as famílias não estão confiantes… tudo muito nebuloso!! A educação está tomando outra forma: aquela em que a família é a principal, onde o professor indica o caminho, a escola é apenas referência.

    Responder
  • Fernanda Azevedo da Silveira
    05/10/2020 16:06

    É um assunto importante a ser tratado!! Os professores sempre necessitaram desse apoio…A familia precisa da escola e a escola precisa da familia…

    Responder
  • Conceição de Maria Rodrigues Lopes
    05/10/2020 19:01

    É fundamental a parceria família e escola.Mesmo diante das dificuldades do ensino remoto, percebemos as famílias mais preocupadas e envolvidas no processo de ensino e aprendizagem das crianças.

    Responder
  • Espero que essa parceria realmente seja reforçada, porém , o que vemos hoje , são pais alheios que não compreendem nossas tentativas enquanto profissionais de estabelecer conexões e aprendizagens as crianças mesmo que remotamente. É um desafio constante. Não sei se pensar nesse retorno dessa forma é romantizar a situação escola -família, mas esperança sempre temos… caso contrário não estaríamos nessa profissão… atingir uma parcela, mesmo que mínima dos pais já é alguma coisa.

    Responder
  • Fernanda Mancini
    06/10/2020 21:05

    Esse é um momento para fortalecer vínculos entre as famílias

    Responder
  • Fernanda Mancini
    06/10/2020 21:05

    Esse é um momento para fortalecer vínculos entre as famílias na medida do possível

    Responder
  • Marines Dumont Domingues Silva
    06/10/2020 23:47

    A parceria escola x família sempre foi fundamental para um bom resultado na educação. Neste período de distanciamento social, isso se intensificou. Muitos pais tem se desdobrado (assim como professores) para dar conta de tantas atribuições que já tinham. Trabalho, afazeres domésticos, outras tarefas e intensificar o acompanhamento na vida escolar dos filhos. sabemos que não é fácil, mas é necessário para que os danos e as perdas pedagógicas sejam menores. Entretanto, principalmente na realidade dos estudantes das escolas públicas, há um número muito grande de famílias que não tem acesso, não tem conhecimento, não tem como acompanhar as crianças. Temos que ser realistas para assumir que será um desafio grande retomar os conteúdos e recuperar as perdas.

    Responder
  • Maria Aparecida de Lima e Albuquerque
    07/10/2020 00:04

    A participação dos pais neste momento é de fundamental importância na vida escolar dos filhos, as crianças se sentem seguras e o aprendizado é garantido. Mas me preocupada porque sabemos que muitos não tem condições de ter acesso ao conteúdo dos filhos, seja de equipamentos, internet e conhecimento.

    Responder
  • Janaine Silva Espíndola Araújo
    07/10/2020 21:27

    Parceria da família e da escola nunca se fez tão importante.

    Responder
  • O papel da família na educação sempre foi imprescindível na minha opinião , penso que essa ”Nova Educação” trouxe um grande desafio para as famílias e maior aproximação com a vida escolar das crianças.

    Responder
  • ALESSANDRA
    08/10/2020 14:01

    Neste momento de pandemia foi possível perceber a importância da famílias acompanhar a vida escolar dos estudantes, algo que muitas vezes não acontece, fica totalmente por conta da escola.

    Responder
  • EDJANE MARTINS S. MINIGHITI
    08/10/2020 17:45

    Na minha modesta opinião, sinto muito que seja preciso uma pandemia como essa para aproximar pais e filhos, bem como proporcionar a parceria da Escola com a Família.
    Eu acredito que essa parceria deveria acontecer sempre; independente desse caos que uestamos enfrentando. A escola e a família deveriam sempre, sempre esta juntas. E os pais, deveriam sempre, sempre estar acompanhando seus filhos e sendo parceiros da escola, não só por causa da pandemia, mas por causa de um bem maior.

    Responder
  • Esse parágrafo sobre Educação Híbrida é de amargar. Com certeza a equipe de reportagem não conhece meu município…

    Responder
  • Helena Regina de Santana
    09/10/2020 14:32

    A parceria om a família é de extrema importância em todos os momentos. Se a escola já vinha realizando esse trabalho ótimo senão agora será um trabalho de formiguinha para juntá-los ao trabalho da escola.

    Responder
  • Aparecida
    10/10/2020 01:30

    Será um retorno com muitas incertezas e temores para todos, nesse quadro se faz necessário o apoio mútuo.

    Responder
  • Teremos que aprender como lidar com esta nova realidade, pais e instituição de ensino mais unidos.

    Responder
  • Eliade Roberto
    13/10/2020 12:34

    Será fundamental que os pais tenham confiança na escola e que a escola também possam contar com os pais, é uma via de mão dupla que deve ser repensada, já que professores muitas vezes não tem retorno das famílias, alguns professores não dão retorno aos pais, vale contar com a empatia com o:”E se fosse meu filho?” “E se eu fosse professora?” Repensar os papéis para que todos saiam ganhando nessa pandemia e não ficar um jogo de empurra como era.

    Responder
  • Eliade Roberto
    14/10/2020 13:22

    Acredito que a parceria entre escola e família se torne maior após esse “caos”, e a valoração do professor também já que muitos pais com um filho viram a dificuldade e se colocaram no lugar do professor com uma sala cheia…

    Responder
  • jose rosangelo torres da silva
    14/10/2020 13:52

    O novo normal, impacta vários valores dogmáticos da escola, que ainda hoje se vê como único local da aprendizagem, desconsiderando as revoluções tecnológicas especialmente no campo da comunicação e do acesso a informação.

    Responder
  • Elisângela
    15/10/2020 02:42

    Acredito que por mais difícil e delicado que este momento de pandemia seja, não podemos desistir de tentar manter o vínculo entre a escola e as famílias. Desejamos mais do que nunca, que essa parceria família e escola se firme!

    Responder
  • Infelizmente, por algumas dificuldades não todos que participam, mas devemos entender, e tentar ajudar de alguma forma.

    Responder
  • Angélica
    16/10/2020 02:11

    Não será como antes, a pandemia trouxe novos olhares e também novas estratégias.

    Responder
  • Juracy Valeriano Dutra Marcial
    16/10/2020 17:37

    Com certeza precisaremos muito do apoio dos familiares quando retornarmos

    Responder
  • Analúcia de Carvalho de Sá
    19/10/2020 22:29

    Família e escola: parceria imprescindível pós-isolamento, relação essencial para o bem-estar dos alunos, possibilitando assim um retorno as aulas mais agradável.

    Responder
  • Telma Ferreira Sinezio
    20/10/2020 00:31

    Seria muito bom que nessa nova retomada as famílias se conscientizassem da importância da sua parceria com as escolas e professores.

    Responder
  • Telma Ferreira Sinezio
    20/10/2020 00:32

    Seria muito bom que nessa nova retomada as famílias tivessem compromisso com a aprendizagem da criança e dessem o auxílio necessário para a criança.

    Responder
  • Paula Costa
    20/10/2020 18:57

    Se realmente este Novo Normal e suas visões aqui elencadas se efetivarem será um tremendo avanço no campo Educacional escolar e no desenvolvimento integral das crianças, tendo a família e os demais pilares unidos em prol de seu desenvolvimento.

    Responder
  • Juliana Fabien Vieira Telles Rudge
    22/10/2020 23:02

    Com relação a compreensão do trabalho pedagógico, especificamente para a Educação Infantil, percebi muitas famílias equivocadas, principalmente no que diz respeito ao processo de alfabetização. Em algumas ocasiões, as atividades planejadas pelo grupo de professores da minha Unidade Escolar perderam lugar para “atividades alfabetizadoras” retiradas da internet, prontas para impressão, demostrando a visão e as expectativas que muitas famílias têm sobre o trabalho pedagógico desenvolvido na Educação Infantil, principalmente nos anos finais.
    No mais, o Compromisso Coletivo entre todos os envolvidos na relação entre escola e família de respeitar os cuidados necessários acerca da higiene e convívio social fora do ambiente escolar serão fundamentais!
    Mais do que nunca os laços de confiança e parceria serão necessários para que seja possível obtermos êxito neste recomeço. Caso a vacina não seja obrigatória será extremamente necessário um trabalho de conscientização sobre a importância de estarmos todos devidamente protegidos, independente de questões políticas, religiosas ou de quaisquer outras naturezas.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu