Nada mais será como antes…

Mapeamento Curricular Socioemocional

Nada mais será como antes… No futuro, os historiadores provavelmente classificarão os dias que vivemos como um divisor de eras. Haverá um mundo pré, e outro pós-Covid-19. Esse conceito se aplicará, também, ao universo da educação.

O número de mudanças será tão grande, tudo será tão diferente na dinâmica das escolas e na forma de ensinar que, talvez, a palavra certa a usar para definir o momento em que pisaremos novamente nas salas de aula seja RECOMEÇO.

Sim, porque definitivamente não estamos diante apenas de um retorno, como quando voltamos das férias, por exemplo, e retomamos nossas dinâmicas e rotinas de antigamente. Muitas coisas simplesmente não poderão mais funcionar como antes.

No nosso post de hoje, vamos abordar algumas mudanças sob o ponto de vista do aluno. Não perca, pois nas próximas semanas, nossos posts sobre o que mudará para professores, gestores, e famílias. Nada mais será como antes…

Confira a seguir, sete aspectos que serão muito diferentes para os alunos:

Sala de aula

O espaço entre as carteiras será maior e a consagrada dinâmica de agrupar alunos em duplas, muito utilizada por algumas linhas pedagógicas especialmente nos anos iniciais do Ensino Fundamental, com o intuito de facilitar a sociabilização, estará banida. Há quem acredite que se trate de um arranjo momentâneo. O tempo de duração dessa reorganização, porém, dependerá de uma solução permanente para a ameaça da Covid-19, como uma vacina 100% segura, o que ainda parece um pouco distante. Outra novidade será a transferência de aulas, sempre que possível, para áreas externas.

Contato com os amigos

Fora das salas de aula com espaço demarcado, as crianças e jovens precisarão aprender a manter uma distância segura dos colegas. Beijos, abraços e o hábito de se amontoar uns sobre os outros – tão tipicamente adolescente – terão de ser coibidos pela escola e certamente exigirão um trabalho de conscientização por parte de pais e professores.

Lanche

Os lanches coletivos, tão usuais em algumas linhas pedagógicas, terão de ser repensados e cada criança terá de levar o seu lanche diariamente. Compartilhar alimentos do lanche individual, hábito tão comum entre as crianças menores, também não será mais possível.

Brincadeiras

Decerto, a diversão coletiva também vai ser muito diferente. Brincadeiras na hora do intervalo maior terão de ser monitoradas e com distanciamento. E os intervalos não serão mais aquele momento em que todos os alunos de todas as turmas se encontram. Provavelmente, escalonamentos mudarão essa rotina para impedir um grande acúmulo de crianças nas áreas compartilhadas da escola.

Máscaras faciais

A nova peça obrigatória do uniforme escolar e, talvez, a mudança mais impactante nesse primeiro momento. Medida de proteção eficaz, ela vai exigir disciplina por parte das crianças e jovens na substituição a cada duas horas e nos cuidados para que não sejam perdidas nem entrem em contato com áreas que possam estar contaminadas.

Hábitos de higiene

Lavar as mãos com maior frequência e com atenção, esfregando meticulosamente cada milímetro de pele com sabão, vai exigir um novo aprendizado para as crianças que, na pressa de brincar, simplesmente se esquecem desse hábito tão salutar. Nesse mesmo sentido, usar álcool em gel antes de entrar e ao sair das salas de aulas será uma nova medida obrigatória para que todos se mantenham saudáveis.

Forma de estudar

Contudo, o longo fechamento das escolas trouxe pelo menos um aspecto que pode ser muito positivo: a integração entre tecnologia e educação foi acelerada. Professores e alunos aprenderam que espaços e tempos virtuais podem ter uma nova dimensão no universo educacional. No recomeço, é recomendável que as conquistas dessa nova integração sejam mantidas e aprofundadas. Crianças e jovens continuarão a integrar as tecnologias às suas rotinas diárias de estudo de uma forma totalmente nova.

Nada mais será como antes…

132 Comentários. Deixe novo

  • Maria Aparecida Namiuti Souza
    10/09/2020 09:37

    Excelente potagem realmente mudanças significativas e salutares serão adotadas e mantidas.

    Responder
    • Vai demorar pra nos acostumarmos com o novo normal, porém será mais fácil para as gerações que virão.

      Responder
      • Adriana Antunes Siqueira Ayres
        14/09/2020 19:03

        Acredito que as mudanças serão fundamentais, não só neste momento, para o futuro.

        Responder
    • Fernanda
      23/09/2020 12:24

      Precisamos nos adaptar a novos hábitos e novas rotinas

      Responder
      • Acredito que nada será como antes ,realmente. No entanto, nao podemos olhar normas de comportamentos sociais de retomada de aula como definitivas. Alguns hábitos serão incorporados , , mas muitos serão inovadas. Na Educação , porém, novas ferramentas se farão necessárias, mas nada substituirá a presença física do professor.

        Responder
    • Vera Lucia Ludwig Ramos
      26/09/2020 19:49

      teremos outra rotina mais cuidados mais higiene e tudo mais,e comosera na creche com crianças de zero a três anos?

      Responder
  • Eliane Carneiro
    10/09/2020 13:15

    A palavra do momento é transformação e muito bem ilustrado acima. Saibamos usufruir desse momento. Viver com respeito e dignidade precisa ser comum a todos. Paz e luz! Gratidão pelos ensinamentos.

    Responder
    • wanderlaine Fernandes da Silva Dias
      14/09/2020 13:03

      Realmente não será como antes ,estamos vivendo um momento que irá para história.Nossas escolas não serão mais as mesmas , teremos que viver e conviver com este “novo normal”.

      Responder
      • Ana claudia
        14/09/2020 18:32

        Realmente nosso novo normal será diferente … nossas brincadeiras, cuidados, inseguranças e medos já estão instalados em nós!!,,

        Responder
  • VERA LUCIA CARDOSO
    10/09/2020 15:59

    Isso mesmo tudo irá mudar. Teremos que nos adaptar.

    Responder
    • Gelyalmeida1@hotmail.com
      16/09/2020 03:43

      Tudo será novo, não ira ser a mesma coisa que antes, temos que nos adaptar com o novo vê virá.

      Responder
    • Edileuza
      16/09/2020 19:59

      Muita coisa já mudou e precisamos nos adaptar com o novo normal

      Responder
  • ROSEMEIRE TAVARES DA SILVA CAMPOS
    10/09/2020 16:12

    É o que muitos estão chamando de”novo normal”!

    Responder
  • Helena Dandara
    10/09/2020 16:19

    “Nada do que foi será
    De novo do jeito que já foi um dia
    Tudo passa, tudo sempre passará”
    “No novo tempo, apesar dos castigos
    Estamos crescidos, estamos atentos, estamos mais vivos
    Pra nos socorrer, pra nos socorrer, pra nos socorrer”
    “Começar de novo e contar comigo
    Vai valer a pena ter amanhecido”

    Responder
  • Helena Regina de Santana
    10/09/2020 16:54

    Realmente nada será como antes. Teremos o antes e pós pandemia. Relembraremos como era e teremos que nos adaptar ao novo normal que pelo que parece durará por um bom tempo ainda.

    Responder
  • ROSEMEIRE DE SOUZA MOREIRA SANTOS
    10/09/2020 16:56

    Reflexivo o texto, é nada mais será como antes.

    Responder
    • Maria Aparecida Rodrigues Mendes
      28/09/2020 18:30

      A nova realidade pode ser definida como nova era em todos os sentidos. Na educação as mudanças são extremamente desafiadoras. O profissional da educação deve agora se adequar às tecnologias educacionais e os educandos terão uma rotina escolar muito diferente da habitual, com diferentes maneiras de organizar o espaço e o tempo. O ensino híbrido haverá de prevalecer… enfim, vida que segue.

      Responder
  • ELAINE FERNANDES FERREIRA
    10/09/2020 17:06

    É simplesmente impensável td que estamos vivendo estar sendo uma realidade capaz de transformar para sempre toda a estrutura escolar mundial.

    Responder
  • Andressa Boro
    10/09/2020 17:48

    Ótimo texto com observações bastante importante. De fato nada será como antes, teremos que ser muito cuidadosos.

    Responder
  • Andressa Boro
    10/09/2020 17:49

    Ótimo texto com observações bastante importante. De fato nada será como antes, teremos que ser muito cuidadosos. Famílias e instituições escolares terão que se adaptar ao novo normal.

    Responder
  • SALOAN DE LIMA BARATI
    10/09/2020 18:07

    Boas observações! Realmente teremos que ter muita cautela com o retorno pois nada será como antes!

    Responder
  • DIANA CRISTINA DE PAULA VALENTINUCI
    10/09/2020 18:32

    Seja no amor ou na dor, a gente precisa aprender coisas boas e estar disposto às mudanças.

    Responder
  • Muitos aprendizados nesse momento difícil, realmente muitas mudança…Nada mais será como antes!

    Responder
  • Mônica Reis
    10/09/2020 18:56

    Teremos que nos adaptar…

    Responder
  • ANA PAULA Neves do Nascimento
    10/09/2020 19:02

    Este tempo em casa elaborando as atividades nos leva a muitas reflexões e estudos, realmente nada mais será como antes estamos adquirindo novas concepções e modos de pensar a educação.

    Responder
  • Alessandra
    10/09/2020 19:39

    Todos esses protocolos de segurança já estão sendo difíceis para os adultos se acostumarem e efetivarem em sua rotina, imaginem para as crianças que tudo necessita tocar e sentir para aprender.

    Responder
  • Cleide Aparecida da Silva Brito
    10/09/2020 19:52

    As mudanças serão necessárias,um novo normal será estabelecido e nós como sempre teremos que aprender a conviver com todas essas mudanças,muitas boas e outras nem tanto.

    Responder
  • Lucineia
    10/09/2020 19:58

    Recomeçar mas com novas atitudes e criatividade.O uso do distanciamento ainda será o ápice do cuidar.Máscaras faciais obrigatórias, o calor afetivo entre as pessoas fisicamente terá que esperar até que a vacina 100% curável esteja pronta.
    Texto muito bom,mas vamos ter esperança que tudo isso vai acabar….
    por outro lado positivo,o uso da tecnologia será mais fácil, estamos a cada dia, aprendendo novas maneiras, novos formatos de dar aulas e por incrível que parece estamos unidos.
    Somos bem vindos a educação tecnologica inclusiva.

    Responder
  • DORACI ALVES DE SOUZA
    10/09/2020 21:10

    Essas mudanças serão extremamente necessárias nesse nosso “novo normal”, teremos que nos adaptar, será difícil? Sim, será, mas não impossível.

    Responder
  • Marlene Terzi de Moura
    10/09/2020 21:11

    Com certeza, após a pandemia a palavra certa, é Recomeçar!!!
    Não é um simples retorno às aulas, é sim um recomeço em vários aspectos como o espaçamento entre as carteiras, aulas externas sempre que possível, uso de máscaras etc
    Aliás, acredito que é um recomeçar em nossas vidas!!!

    Responder
  • Cicelia Costa
    10/09/2020 21:12

    Mudanças serão necessárias, teremos que ter novas adaptações, porém ainda tenho esperança de uma vacina segura, tenho fé e acredito em dias melhores!!!

    Responder
  • Sonia Maria Martins Pozzi
    10/09/2020 21:16

    O ser humano consegue muito rápido aprender outras regras de comportamento, esperamos que a de higiene fique mais presente no dia a dia da escola e comunidade.

    Responder
  • Maria das Graças Viana Alves
    10/09/2020 21:16

    Texto pertinente para o momento atual. Realmente, nada será como antes… teremos que nos adaptar ao novo normal.

    Responder
  • PATRICIA TELES GONÇALVES
    10/09/2020 21:18

    Tudo na verdade já mudou agora é ter consciência refletir e para o bem de todos respeitar esse novo normal que é necessário pra ter um pouco menas de preocupações.

    Responder
  • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
    10/09/2020 21:22

    Será uma nova adaptação, com uma rotina diferente, sendo necessário a segurança seguindo protocolos.

    Responder
  • Maria José De Oliveira Vaz
    10/09/2020 21:52

    Precisamos nos adaptar a essa nova realidade, reforçar alguns costumes, e ter um novo olhar e aprendizado de tudo isso que estamos vivendo.

    Responder
  • Socorro Maria
    10/09/2020 21:54

    Será um recomeço onde vamos ter que começar do zero. Pois serão novos tempos e novas metodologias.

    Responder
  • Maria Alessandra
    10/09/2020 22:03

    Difícil se adaptar às mudanças, mas são necessárias para o momento!

    Responder
  • Maria Alessandra
    10/09/2020 22:05

    Difícil se adaptar às mudanças, mas são necessárias para o momento! Acredito que com força e determinação venceremos os novos desafios…

    Responder
  • Eliana Ribeiro de assis
    11/09/2020 01:03

    Muito boa postagem realmente só temos uma certeza nada na escola será como antes, estamos aprendendo e vivenciando um um jeito novo de fazer educação que vão alem dos protocolos de higiene. É um novo desafio com novos objetivos a serem alcançados a “educação depois do covid”.

    Responder
  • Maria Eleni Teles Silva
    11/09/2020 01:47

    Refletir nossas atitudes, ter consciência de nossos atos e saber que estamos vivendo uma nova realidade, que passará a ser o “nosso normal”

    Responder
  • Karina de souza Vitor
    11/09/2020 02:26

    Com certeza ,nada será como antes. A pandemia será um divisor de águas na vida de todos.
    Nas escolas não será diferente. trataremos uns aos outros de forma diferente, as dinâmicas nas escolas serão outras .
    muitos de nós estão fazendo formações neste período e voltaremos com muito mais bagagem á oferecer aos alunos.

    Responder
  • Telma Ferreira Sinezio
    11/09/2020 02:34

    Esse texto é muito coerente e com uma verdade absoluta.
    Nada será como antes, pois estamos vivendo um novo tempo… tempo de aprendizado.

    Responder
  • Elisabete Marques
    11/09/2020 02:39

    Um cenário bem descrito nAs orientações, porém com possibilidade quase numa de que na prática serão despeitadas. Como será possível garantir protocolos sem investimento em recursos materiais e principalmente humanos. A principal mentalidade a ser mudada deve ser do poder público ao decidirem por abrir ou não as escolas e todos os outros espaços onde certamente haverá aglomeração.

    Responder
  • Ana Maria Urquiza de Oliveira
    11/09/2020 13:28

    Estamos cerceados de dúvidas, incertezas e inseguranças, mas esperamos poder voltar e fazer o que mais gostamos, dar aulas. Agradeço a texto que nos ajuda a ter esperanças.

    Responder
  • Alessandra Rainha
    11/09/2020 14:06

    Serão muitas mudanças de hábitos, sabemos que algumas não serão concretizadas, mas tentaremos sempre fazer o melhor que é orientar e colocar em prática tantos protocolos de higiene.

    Responder
  • Cristina Domingos Mendonça
    11/09/2020 14:41

    Realmente novos hábitos que devemos incorporar a partir dessa pandemia.

    Responder
  • Importante nos prepararmos para essa nova realidade. Que bons hábitos adquiridos fiquem.

    Responder
  • Alzira Anese
    11/09/2020 15:37

    Como dizem, é o “novo normal” . Vamos precisar de tempo para nos habituarmos.

    Responder
  • Thais de Souza Santos
    11/09/2020 15:44

    Nossos hábitos já mudaram. E muita coisa ainda está a acontecer.

    Responder
  • Mudança total

    Responder
  • Rosemaire
    11/09/2020 16:08

    Realmente nada será como antes, lendo todas as dicas, dá até uma tristezas de ver tantas mudanças que afastam, distanciam, mas sabemos que se faz necessário, o uso da tecnologia entra como positivo, no entanto sabemos que existem muitos que ainda não tem acesso dificultando assim o acesso as aulas. Mas acredito que será um assunto que deverá ser discutido para que todos tenham as mesmas oportunidades.

    Responder
  • Vivienne Moreno Comar
    11/09/2020 16:41

    Que possamos aprender e crescer com tudo isso.

    Responder
  • Foi preciso uma epidemia para incentivar a educação a migrar e se aperfeiçoar tecnologicamente, espero que isso não se perca… o mundo avança e a educação continua no mesmo formato…por isso cada vez mais jovens encontram-se desmotivados é preciso acompanhar e trazer os jogos para esses jovens, a tecnologia criativa para dentro das instituições escolares.

    Responder
  • iaraarruda81@gmail.com
    11/09/2020 18:31

    Acredito que nada mais será como antes, novos habitos e costumes serão mudados.

    Responder
  • Fernanda M. Brandão Sizilio
    11/09/2020 20:44

    Como adulto, está difícil se acostumar com o “novo normal”,muitas mudanças em pouco tempo, será que iremos se adaptar?

    Responder
  • Regimara de souza
    11/09/2020 20:50

    São cuidados necessários para que possamos voltar parcialmente ao convívio com colegas e professores. Hábitos de higiene básicos que as vezes passavam desapercebidos, agora farão parte da nossa rotina.

    Responder
  • reformular é a palavra

    Responder
  • Teremos que nos adaptar a nova realidade, e nos atentar aos cuidados que serão redobrados. Nada será como antes.

    Responder
  • Elizabete Avelino
    11/09/2020 23:50

    Realmente nada será como antes. Teremos o antes e pós pandemia. teremos que nos adaptar ao novo normal .

    Responder
  • Moniqui Ceratti
    12/09/2020 00:55

    Este ano sem dúvida será marcante na nossa vida e no que viras frente!

    Responder
  • Moniqui Ceratti
    12/09/2020 00:56

    Este ano sem dúvida será marcante na nossa vida e no que virá a frente!

    Responder
  • Moniqui Ceratti
    12/09/2020 00:57

    Ano decisivo, muitas mudanças estão por vir, e com ele muitas adaptações e incertezas.

    Responder
  • Marcela Barbosa Ribeiro
    12/09/2020 04:13

    Entender que quando às aulas voltarem, não será simplesmente um retorno e sim um grande recomeço é essencial, para toda a comunidade escolar.

    Responder
  • Nada será mesmo como antes certinho , tudo que li aqui Será que seremos seres humanos melhores? Abraços

    Responder
  • Simone Abdala Hachuy
    12/09/2020 19:02

    Matéria muito bem elaborada e bem realista.

    Responder
  • Realmente nada será como antes. Muitas mudanças ocorreram e muitas ocorrerão em nosso recomeço.

    Responder
  • Sandra Regina de Matos
    12/09/2020 20:31

    Muitas mudanças, espero que seja para melhor. Disponível para mudar.

    Responder
  • Anna Siciliano
    13/09/2020 22:27

    Teremos que nos adaptar à uma nova realidade e seguir em frente .

    Responder
  • Marjorie
    14/09/2020 13:02

    Um novo recomeço em cada setor e até mesmo em nossas casas. Sendo um aprendizado de forma significativa ou não para cada cidadão.

    Responder
  • ELIANE SOUZA
    14/09/2020 13:11

    Fico pensando na educação infantil que tem como base a interação… Será um desafio e tanto.

    Responder
  • Luciana Ulba
    14/09/2020 14:13

    Teremos que nos adaptar, mas é triste ver que as pessoas terão que ficar em distanciamento físico o tempo todo.

    Responder
  • Solange Neves rocha
    14/09/2020 15:16

    Precisamos já irmos pensando em como será esse novo normal em nossa unidade escolar…

    Responder
  • Lucineide Oliveira
    14/09/2020 15:29

    Boas observações! Realmente nada será como antes,tudo na verdade já mudou.Teremos que nos adaptarmos a uma nova realidade e seguir em frente.Com certeza, após a pandemia a palavra certa é Recomeçar!

    Responder
  • Conceição de Maria Rodrigues Lopes
    14/09/2020 15:59

    Momentos de aprendizagens e transformações. Realmente nada será como antes.

    Responder
  • Tamires de Assis Lima Martins
    14/09/2020 19:37

    Divisor de águas, a sociedade nunca mais será a mesma. Aprendemos muito neste período e vamos continuar aprendendo. A tecnologia tornou-se um aliado importante.

    Responder
  • Claudia M. Ferreira
    14/09/2020 19:54

    Realmente nada será como antes, pois as relações sociais que antes da pandemia de Covid-19 nas escolas eram muito dinâmicas e próximas terão que se reinventar de forma que continuem dinâmica, porém com distanciamento social.
    A minha maior preocupação se refere as crianças de 04 e 05 anos da educação infantil, pois o contato, a proximidade e o compartilhamento de objetos é uma constante, ou seja, como vamos equacionar essa questão?
    Um outro ponto que cabe aqui salientar é o fato de como as escolas públicas de periferia que não contam com muitos recursos irão fazer para seguir os protocolos sanitários? uma vez que, não dispõem em muitos casos de recursos financeiros para fazê-lo.
    Concluindo, estamos realmente passando por um período de renovação, só nos resta saber, como ela se dará, num país de dimensões continentais e com desigualdades sociais muito discrepantes em uma mesma cidade.

    Responder
  • Ariana Barbares
    14/09/2020 21:17

    Muito bom esse texto, quando retornar as aulas, será necessário nos adaptar as mudanças.

    Responder
  • Fernanda Azevedo da Silveira
    14/09/2020 21:49

    Teremos que nos reorganizar, rever nossos habitos e orientar a todos!!! Isso será um processo árduo, pois a mudança é cultural…

    Responder
  • Recomeçar e se reinventar é o que teremos que fazer de agora em diante

    Responder
  • Daniela Taís Ferreira de Melo
    15/09/2020 14:10

    Sim, não teremos um retorno como o de costuma. Teremos que fazer uma reformulação com uma nova didática… Muitas mudanças significativas serão adotadas.

    Responder
  • Será muito difícil para a educação infantil ,visto que o que predomina é a interação,o abraço e o toque.

    Responder
  • Vamos aguardar pra vê o que será das crianças pequenas ,visto que o que predomina é a interação,o abraço e o toque.

    Responder
  • Tudo será diferente precisamos ter sabedoria, cautela para um novo recomeço para nos adaptar às mudanças e ainda nos preocupar com todas as vidas com diversas situações que vamos encontrar no decorrer do caminho.

    Responder
  • Betina de Araujo caballeria
    15/09/2020 18:25

    Com certeza novos hábitos serão incorporados com a pandemia, nada será como antes.

    Responder
  • maria helena
    15/09/2020 19:01

    o novo normal nos leva a mudanças de hábitos e partir para um novo começo de vida adaptarmos em algo novo para seguirmos enfrente.

    Responder
  • Marcia Morales Catalano Simões
    15/09/2020 21:45

    A cada minuto percebemos que nada mais será como antes e, em se tratando do ambiente escolar, as mudanças serão ainda mais sentidas. Imaginar todos esses protocolos extremamente necessários para um retorno com alguma segurança fica quase impossível reconhecer Escola e seu ambiente como o conhecemos. De fato, nada será como antes!

    Responder
  • Marines Dumont
    15/09/2020 22:34

    Reflexão muito pertinente. Muitas mudanças são e serão necessárias para viver num novo normal (que na minha opinião, de normal não tem nada). É triste pensar na convivência de seres humanos sem contato físico, sem aproximação… Infelizmente é a necessidade e teremos que nos adaptar, mas é muito triste! Este período de distanciamento social está fazendo com que pessoas adoeçam mentalmente, fisicamente, socialmente. A incerteza do que virá preocupa bastante. Tempos difíceis…

    Responder
  • Elisângela
    15/09/2020 23:58

    Nossa! um novo normal sem dúvidas. Teremos que iniciar e não retomar, se adaptar ao novo normal e enfrentar todos os desafios que estão atrelados a este momento.

    Responder
  • ROSEMEIRE DE OLIVEIRA SOUZA
    16/09/2020 00:25

    Realmente esse momento se tornará um divisor de águas,apesar das dificuldades,trouxe alguns aspectos positivos,a tecnologia,mas não podemos esquecer que nem todos tem acesso a elas,e isso pode ser tb um fator para contribuir para a desigualdade social.

    Responder
  • MEIRY PASCOALINA MACIEL
    16/09/2020 14:36

    Realmente serão novos tempos. Teremos que reaprender didáticas novas. Além de modificarmos os nossos relacionamentos interpessoais.

    Responder
  • Gelson de Almeida junior
    16/09/2020 17:58

    Excelente material, o “novo normal” está aí e, segundo alguns, veio para ficar, mas uma coisa me intriga, como ficarão as salas de aula no pós pandemia, quando o medo do contágio, por conta de uma vacina ou coisa que o valha, desaparecer? Voltaremos a ter as salas de aulas lotadas novamente?

    Responder
  • Sera muito dificíl esta mudança, principalmente pelas salas lotadas e a falta de estrutura da realidade das nossas escolas brasileiras.

    Responder
  • Sandra A O de Paula
    16/09/2020 19:21

    E além de todas essas mudanças na forma de estudar e se comportar na escola , algumas crianças ainda passaram por momentos difíceis nas famílias, perda de familiares e amigos, desemprego dos pais, mudanças bruscas nas rotinas , que também trarão consequências para suas vidas.

    Responder
  • Regiane Aparecida Martinez
    17/09/2020 12:35

    O novo normal chega ser assustador! A impressão que tenho é de isolamento na vida! Uma pena, interação entre as pessoas é tão importante principalmente na infância e adolescência!

    Responder
  • A grande questão é que o afeto, a partilha e a interação com o outro são elementos educativos fundamentais, especialmente na Educação Infantil. Como conceber uma Educação Infantil com crianças “isoladas em caixinhas”? Criança precisa tocar e sentir para aprender!

    Responder
  • Se dscrevessemos um local com todas essas colocações e não tivesse acontecido essa pandemia, dificil chamar essa descrição de Escola.

    Responder
  • Debora França
    17/09/2020 23:09

    Será um novo caminhar frente a essa pandemia .

    Responder
  • Sônia Herculano
    18/09/2020 16:36

    Fico bem preocupada com os pequenos de creche de 0 a 3 anos pois necessitam de auxílio pra tudo , andar , engatinhar , outros pra irem ao banheiro se limpar , pra comer , usam chupeta e paninhos para dormir e pedem colo não dá pra simplesmente dizer não . Pois tudo faz parte do desenvolvimento da criança

    Responder
  • Aparecida
    18/09/2020 18:28

    Realmente, nada será como antes!

    Responder
  • Os jovens gostam de andar em grupo, para eles o distanciamento vai ser um pouco mais complicado.

    Responder
  • Juracy Valeriano Dutra Marcial
    18/09/2020 23:08

    Realmente nada mais será como antes, e para isso precisamos de formação, não só dos professores mas das crianças e de toda equipe da escola e das famílias, vai ser um aprendizado para todos, e só vamos conseguir com a ajuda do poder público e de toda sociedade.

    Responder
  • Maria da Aparecida Oliveira Cordeiro
    18/09/2020 23:57

    Sim, definitivamente será um recomeço!

    Responder
  • Carolini
    21/09/2020 12:55

    Uma nova realidade a ser enfrentada.

    Responder
  • Carolini
    21/09/2020 12:55

    Uma nova realidade a ser enfrentada. Precisamos nos preparar e nos reinventar.

    Responder
  • Luciane Nunes de Lima
    21/09/2020 13:11

    Será um início de um ‘ Novo Normal ‘ o qual teremos que nos adaptar !

    Responder
  • Carolini
    22/09/2020 00:44

    Iremos reinventar nosso trabalho e nossa rotina.

    Responder
  • Edileusa
    22/09/2020 15:36

    Tempos difíceis não consigo imaginar crianças da Educação Infantil isoladas sozinhas sem carinho, sem contato físicos, mas com esperança e fé na vacina.

    Responder
  • Bruna Carolina de Oliveira
    22/09/2020 16:11

    Realmente, dentre as estratégias mais usadas entre o professorado está o trabalho coletivo, visando superar cada dia mais o individualismo e valorizar trabalho em equipe, acaba sendo superado pelos protocolos de segurança. Agora, o trabalho gira em torno da individualidade, das redes sociais e tecnologias. O professor, efetivamente, desenvolve papel de mediador da aprendizagem.

    Responder
  • EDJANE MARTINS S. MINIGHITI
    22/09/2020 22:04

    • Muito do que está explicitado nesta postagem é assustador, pois afirma a mudança radical em propostas educacionais fundamentadas em grandes estudos sobre a educação, lideradas por grandes nomes da pedagogia. Obviamente teremos que seguir essas orientações e se passar a ser uma nova prática e todos forem adaptados a essa nova realidade, futuramente será comum e não causará mais estranhamento. Nesse momento, causa espanto, mas acredito que se normalizará com a vivência.

    Responder
  • Com certeza nada mais será como antes, devemos nos fortalecer e colocar a cabeça no lugar, para que possamos seguir em frente,nos adaptarmos a todas as transformações.

    Responder
  • Gioconda
    24/09/2020 13:41

    Tudo passará….

    Responder
  • As vezes fico pensando se recomeço seria a palavra correta… Prefiro pensar num fazer diferente para que consigamos novos resultados.
    Havia muita coisa a ser mudada e estamos tendo a oportunidade de mudar para melhor. Reconstrução.

    Responder
  • Estamos vivendo tudo muito diferente dos hábitos que tínhamos, essa Pandemia veio para mudar muita coisa, muitos hábitos e atitudes. Estamos e ainda teremos muita coisa a modificar, ainda mais nas escolas onde estamos. Mas como tudo
    na vida a gente consegue “superar e se adaptar”.

    Responder
  • Arlete Linhares
    24/09/2020 20:22

    Adaptar-se ao “novo normal”, representa um desafio e aprendizado… nem tudo, será como antes…

    Responder
  • Janaine Silva Espíndola Araújo
    25/09/2020 13:58

    Sobreviveremos a ”Novo Educação”

    Responder
  • edina pedro
    25/09/2020 17:03

    Acredito que as nossas crianças terão mais facilidades em incorporar os novos hábitos. Mas, é algo a ser feito com muita tranquilidade e segurança dentro da escola para não “criarmos” pânico no ambiente escolar e toques.

    Responder
  • Com certeza nada será como antes…teremos que nos acostumar com novos hábitos, costumes e o ”Novo Normal” que poderá promover transformações individuais e coletivas e grandes mudanças na nossa rotina .

    Responder
  • Analúcia de Carvalho de Sá
    28/09/2020 17:52

    Acredito que será um período de RECOMEÇO, ADAPTAÇÃO, FLEXIBILIDADE e RESPONSABILIDADE…. principalmente com crianças bem pequenas, onde será um trabalho DESAFIADOR, porque nessa faixa etária o afeto é IMPRESCINDÍVEL.

    Responder
  • jose rosangelo torres da silva
    29/09/2020 14:18

    Vamos ter de ressignificar a escola suas praticas e definir o que realmente é importante é o que é dogma dentro da educação.

    Responder
  • Juliana Fabien Vieira Telles Rudge
    30/09/2020 01:32

    Exatamente pelo fato de que nada mais será como antes que existe um temor tão grande pelo retorno antes de uma vacina segura.
    O texto aponta mudanças de fato significativas, contudo, sinto que para os alunos da Educação Infantil, principalmente os de período integral, a necessidade da mudança de hábitos e adequações de infraestrutura e subsídios materiais serão fatores essenciais.
    Não devemos nos esquecer de que a escola não poderá passar por tudo isso sozinha! Será necessária uma grande rede de apoio entre setores da gestão municipal, além da sempre citada parceria com as famílias para que possamos nos ajustar a este “novo normal”.

    Responder
  • Fernanda Alves Ferreira Catarino
    01/10/2020 23:02

    Texto ótimo para reflexão.

    Responder
  • COARACI CORA OLIVEIRA DA CUNHA
    02/10/2020 10:46

    Ótima recomendações, as mudanças de hábitos por causa da pandemia, veio para ficar, portanto, temos que nos adaptar.

    Responder
  • Adjailma
    04/10/2020 14:56

    Será um recomeço difícil para todos os envolvidos, adaptações levam tempo, energia, e muita paciência, pois as crianças que necessitam entender o porque de todas essas mudanças e limites. Sem contar nos recursos humanos e financeiros para essa nova etapa. Situação complicada.

    Responder
    • A cada dia aprendemos a viver com esse novo normal, e assim será na escola também e que possamos ter aprendizado no meio disso tudo.

      Responder
  • Jane Cristina Alves de Moraes Lins
    05/10/2020 12:43

    Aprendemos muito com tudo isso e devemos levar alguns conceitos para o resto de nossas vidas.

    Responder
  • Janete Roza
    09/10/2020 14:10

    A situação requer muitas reflexões, no entanto, as questões estruturais que sempre foram no mínimo frágeis na escola pública precisam de respostas também….

    Responder
  • Praticamente uma nova escola.

    Responder
  • Zuleide Felix Nakagawa
    03/11/2020 13:46

    Uma coisa que não se pontuou na matéria, a questão da quantidade de alunos por sala, isso também tem que ser repensado. No mais fica algo marcante, trabalhamos tanto com a socialização, o compartilhar…agora teremos que repensar…

    Responder
  • Realmente será repensado toda nossa prática, e muitas coisas vieram para ficar referente a protocolos e mídias.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu