Como a Alemanha voltou às aulas

Gestão Escolar

Como a Alemanha voltou às aulas. Considerada um exemplo pela maneira rápida e eficiente com que adotou medidas de combate ao Coronavírus, a Alemanha conseguiu vencer a primeira batalha contra o vírus ainda em março. Depois de um pico de 6.294 novos casos confirmados no dia 28 de março, os alemães começaram a assistir à queda do contágio e as escolas retornaram, ainda que parcialmente, em abril. Em meados de junho, as aulas foram encerradas para as férias escolares de verão.

O retorno, em agosto, veio cercado de apreensão, uma vez que os números de novos casos registrados voltava a apresentar tendência de alta (1.147 no dia 7 de agosto), depois de dois meses e meio com média inferior a 400 novos casos diários.

Confira a seguir os protocolos de segurança determinados pelo governo central alemão e que poderiam alterados pelos estados com acréscimo de medidas para aumentar as restrições de segurança e possibilitar o “como a Alemanha voltou às aulas”:

Retomada gradual

Em abril, na primeira reabertura, voltaram apenas alunos dos últimos anos do Ensino Médio e do Fundamental I e II.

Salas segregadas

As crianças são reunidas de acordo com a idade e não poderão entrar em contato com crianças de outros anos. A medida visa evitar que, em caso de surgimento de algum caso numa turma, toda a escola tenha de ser fechada novamente.

Distanciamento social

Os alunos precisarão observar protocolos de distanciamento dos colegas, evitando contato físico.

Equipamento de segurança

O uso de máscaras é recomendado, não obrigatório, e ainda assim, apenas nos corredores das escolas. Nas salas de aula, o uso por alunos e professores não é uma exigência.

Medidas de higiene

As crianças são orientadas a lavar as mãos com água e sabão várias vezes ao longo do dia.

Quer saber os protocolos utilizados em outros países? Então confira nossa série especial, que traz as medidas adotadas por China, Dinamarca, Coreia do Sul, França, Nova Zelândia, Portugal, África do Sul e Austrália.


125 Comentários. Deixe novo

  • Maria Neusa Soares Pavan
    26/08/2020 13:49

    Interessante saber as medidas de segurança para o retorno às aulas, até para discutirmos com nossos pares e alinhar as nossas demandas.

    Responder
    • Patrícia Lúcia dos Santos
      04/09/2020 20:29

      Se deu certo lá, também poderia dar certo aqui , mas isso se os brasileiros obedecessem realmente as regras.

      Responder
      • ROSEMEIRE DE OLIVEIRA SOUZA
        09/09/2020 22:26

        No início,nossa preocupação era de ter nas escolas,os produtos para higiene e as medidas de proteção, como uso das máscaras,distanciamento,mas o que era ainda mais importante alcançar,seria a consciência dos cidadãos, infelizmente houveram é ainda há,muitos furos nessa quarentena brasileira.

        Responder
  • Antonia Couto
    27/08/2020 13:43

    Acredito que mesmo com as medidas de segurança, ainda assim o risco de contagio é muito grande, não vale a pena a riscar tantas vidas.

    Responder
  • Antonia Couto
    27/08/2020 13:49

    Acredito que ainda estamos procurando meios mais seguros para o retorno das aulas.

    Responder
  • Antonia Couto
    27/08/2020 13:50

    Precisamos minimamente da vacina para retomarmos as aulas presenciais.

    Responder
  • Antonia Couto
    27/08/2020 13:53

    Estamos passando por uma nova realidade, para tanto precisamos nos adaptar.

    Responder
  • Antonia Couto
    27/08/2020 14:01

    Estamos passando por um período de adaptação, e de adotar novas estratégias.

    Responder
  • Josilene Cardoso de Lima Oliveira
    27/08/2020 21:18

    Ê muito arriscado a volta as aulas pois não temos recursos suficientes, e nem a vacina para proteger todos.

    Responder
    • wanderlaine Fernandes da Silva Dias
      04/09/2020 03:59

      Infelizmente sem vacina,sem retorno seguro.Não estamos em um países de primeiro mundo, com todos os recursos em mãos para este retorno seguro.

      Responder
  • Elaine Finavaro
    27/08/2020 23:49

    Cada país tem sua estrutura e infelizmente a realidade do Brasil é completamente diferente.
    Em países desenvolvidos se respeita a saúde e educação do seu povo…

    Responder
    • wanderlaine Fernandes da Silva Dias
      04/09/2020 04:03

      Infelizmente sem vacina,sem retorno seguro.Não estamos em um países de primeiro mundo, com todos os recursos em mãos para este retorno seguro.

      Responder
    • Concordo com você.

      Responder
  • SIMONE ABDALA HACHUY
    28/08/2020 00:30

    Continuo achando preocupante a volta neste momento,vendo os novos casos depois das voltas as aulas em outros países como a Alemanha.

    Responder
  • Onde nem se tem o necessário para sobrevivência… Sinceramente no Brasil não temos condições pra nada …

    Responder
    • wanderlaine Fernandes da Silva Dias
      04/09/2020 04:00

      Infelizmente sem vacina,sem retorno seguro.Não estamos em um países de primeiro mundo, com todos os recursos em mãos para este retorno seguro.

      Responder
  • Llian Ap. Teodora de Moura
    28/08/2020 13:39

    Só voltaremos as aulas com segurança quando todos já tiverem tomado a vacina.

    Responder
  • Interessante as turmas não terem contato com as demais.

    Responder
  • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
    31/08/2020 00:57

    Ainda assim estamos inseguros, é necessário a vacina para retomada.

    Responder
  • Maria Aparecida Cirilo
    31/08/2020 18:32

    Infelizmente nossa realidade e bem diferente, não temos estrutura para recebermos nossa crianças.

    Responder
  • Maria Eleni Teles Silva
    01/09/2020 23:18

    O retorno às aulas é o assunto do momento, e mesmo se espelhando em outros países ainda não vejo no Brasil segurança para esse retorno.

    Responder
  • Audrea Simone Varella
    02/09/2020 17:23

    Mesmo com tantas medidas protetivas ainda não é seguro o retorno na minha opinião

    Responder
  • O retorno nunca será seguro enquanto não houver vacina.

    Responder
  • Mônica Reis
    02/09/2020 18:50

    A maioria dos países onde as aulas retornaram, seguem protocolos rígidos de segurança, o que não é possível aqui no Brasil onde a maioria das escolas públicas não tem o mínimo de estrutura para acolher essas crianças e suas famílias.

    Responder
  • Solange Neves rocha
    02/09/2020 22:12

    Tenho receio da volta as aulas neste momento no Brasil…pois nosso país tem outra realidade…muito diferente da Alemanha por exemplo….

    Responder
  • Andressa Jorge Catalano
    02/09/2020 22:30

    Não dá pra comparar a Alemanha, um país de primeiro mundo com o Brasil! A realidade estrutural, social e política é bem diferente!

    Responder
  • ROSEMEIRE DE SOUZA MOREIRA SANTOS
    02/09/2020 22:34

    Infelizmente nossa realidade é bem diferente, não temos estrutura para voltarmos as aulas. O retorno nunca será seguro se não houver uma vacina eficaz.

    Responder
  • Importante saber de todas as medidas de segurança, mas ainda acredito ser arriscado, saúde e segurança é prioridade

    Responder
  • Anna Siciliano
    03/09/2020 00:22

    Muito difícil o retorno aqui no Brasil, até porque fica complicado os estudantes evitarem o contato físico.

    Responder
  • maria Regina
    03/09/2020 01:16

    Até agora observei que os protocolos são os mesmos, mas não oferecem 100 % de funcionalidade. Ao que parece a resposta positiva à este protocolo está relacionada à questões sociais, culturais , econômicas e educativas . Então não é em todo lugar que este protocolo traz o resultado esperado.

    Responder
  • Rosemaire
    03/09/2020 01:49

    Os países que retornaram tem tido o cuidado de cumprir os protocolos, alguns como no caso da Alemanha, tomaram todos os cuidados no início da pandemia, o mesmo não acontece no Brasil.

    Responder
  • VERA LUCIA CARDOSO
    03/09/2020 11:23

    A realidade do nosso país é bem diferente da Alemanha, seguir os protocolos de segurança será muito importante. Será que conseguiremos exigir e fazer cumprir os protocolos em nossas escolas com tanta falta de recurso e estrutura?

    Responder
  • Marcia Morales Catalano Simões
    03/09/2020 11:51

    Concordo que um retorno gradual é necessário, até para controle e novas orientações de protocolo a se seguir, porém, acredito que em nosso país a vacina ainda seja uma necessidade prioritária….nossas escolas não possuem a mesma estrutura física e material como as da Alemanha.

    Responder
  • Acho ainda muito arriscado o retorno das aulas no Brasil, nossa cultura e ralidade são totalmente diferentes da Alemanha, e nem lá com todos os protocolos sendo seguidos a risca, não tem 100% de segurança, aqui não temos o mínimo básico para lidar com esse retorno.

    Responder
  • Luciane Nunes de Lima
    03/09/2020 12:22

    É muito bom conhecer medidas de segurança contra a covid 19 em.outros países, pois podemos adequar as nossas estratégias! Porém sem a vacina ainda é muito arriscado…

    Responder
  • É muito importante ver as medidas de queoutros países adotaram para a voltas as aulas…

    Responder
  • É importante para todos os cuidados que devemos ter cada lugar tomando medidas de acordo com a realidade que vivencia.

    Responder
  • Daniela Taís Ferreira de Melo
    03/09/2020 13:38

    Não temos recursos para pensarmos em um retorno seguro… Acredito que ainda não seja o momento para retornarmos.

    Responder
  • Moniqui CM Ceratti
    03/09/2020 14:19

    Muito difícil distanciamento entre alunos.

    Responder
  • Moniqui CM Ceratti
    03/09/2020 14:20

    distanciamento entre alunos como?!

    Responder
  • Fernanda Azevedo da Silveira
    03/09/2020 16:11

    Acho complicado pensar em uma volta segura! Somos um povo muito amoroso, caloroso e nossas crianças não seguir a risca todas as regras de segurança. Precisamos de uma vacina…

    Responder
  • Ana Paula Neves do Nascimento
    03/09/2020 16:45

    Cada leitura me convence de que o melhor é o retorno em 2021.

    Responder
  • Conceição de Maria Rodrigues Lopes
    03/09/2020 17:20

    São realidades e culturas diferentes.Um retorno seguro somente com a aprovação da vacina.

    Responder
  • Ana Lúcia Fernandes Teixeira
    03/09/2020 17:40

    Precisamos pensar na segurança de todos.

    Responder
  • Ana Lúcia Fernandes Teixeira
    03/09/2020 17:41

    Pensar na segurança de todos é necessário neste momento.

    Responder
  • Maria Encarnacion
    03/09/2020 17:49

    Precisamos nos adequar, acredito que não estamos seguros ainda.

    Responder
  • Ana Claudia
    03/09/2020 18:02

    Percebo que na maioria dos países da Europa a utilização das mascaras de proteção está sendo opcional aos adultos , mas aqui no Brasil até o obrigatório não está sendo respeitado.

    Responder
  • Sônia Maria Lopes
    03/09/2020 18:02

    Apesar das medidas de segurança o risco de contágio ainda é muito grande e creio que esperar a chegada da vacina ainda é a melhor solução.

    Responder
  • A prefeitura não tem condições de voltar com as aulas presenciais.

    Responder
  • Tamr Orphali
    03/09/2020 19:10

    Muito bom ver como estão fazendo em cada país e poder ver qual caminho devemos seguir. Que pena não temos pé para tais medidas só na higiene teremos álcool em gel e sabonete nos primeiros 15 dias depois vai falta, nem as torneiras te uma vazão de água adequada para realizar um lavagem das mãos efetiva.

    Responder
  • Marlene Terzi de Moura
    03/09/2020 19:21

    O retorno às aulas, deve ser realmente seguro, com os devidos protocolos de segurança, seguidos à risca, preservando em primeiro lugar: Vidas e sem novos casos de contaminações, como fez adequadamente a Alemanha.

    Responder
  • Cleide Aparecida da Silva Brito
    03/09/2020 20:04

    País de primeiro mundo é outra coisa,outra realidade . Aqui o retorno só será seguro com a vacinação.

    Responder
  • Não podemos colocar vidas em riscos, no momento não enxergo a possibilidade de retorno sem vacina e sem condições de seguir protocolos tão rigidos.

    Responder
  • É muito interessante como outros países combateram a pandemia.
    Sabemos que a proporção do Brasil são completamente diferentes.

    Responder
  • As proporções do Brasil e na Alemanha são completamente diferentes. Devemos levar em conta isto na analise se as políticas usadas lá são plausíveis aqui.

    Responder
  • Eliade de Fátima Roberto
    03/09/2020 20:40

    Volto a dizer a estrutura do país é outra, não adianta é como querer pegar uma roupa e colocar em um corpo que nao cabe….

    Responder
  • Edenilda Carvalho Sousa de Godoy
    03/09/2020 21:17

    Temos que pensar na segurança das nossas crianças.

    Responder
    • wanderlaine Fernandes da Silva Dias
      04/09/2020 04:05

      Infelizmente sem vacina,sem retorno seguro.Não estamos em um países de primeiro mundo, com todos os recursos em mãos para este retorno seguro.

      Responder
  • Sonia Maria Martins Pozzi
    03/09/2020 21:26

    Foi um dos países que entregou todas as decisões nas mãos de especialistas, de cada área envolvida.

    Responder
  • Tais da Silva Amaral
    03/09/2020 22:17

    A segurança e parceria com a saúde é primordial nesse retorno .

    Responder
  • Regiane Aparecida Martinez
    03/09/2020 22:42

    Tenho uma imensa preocupação com o retorno das crianças de creche! Não vejo como

    Responder
  • Claudia Lumberg
    03/09/2020 23:01

    Cada país tem a sua particularidade, e no caso do primeiro mundo ,a condição financeira é muito diferente.É interessante conhecermos os procedimentos utilizados,para podermos adequar a nossa realidade.

    Responder
  • Audrea Simone Varella
    04/09/2020 00:39

    Não é compreensível o uso de máscaras não ser obrigatório em outros países e no brasil usa pra tudo podendo levar multa

    Responder
  • Nesse momento nossa realidade será pensar meios viáveis que melhor se ajuste a volta as aulas.

    Responder
  • lucineideoliveiraaraujo@gmail.com Oliveira
    04/09/2020 18:33

    A nossa realidade no Brasil não da para comparar com a Alemanha um país de primeiro mundo.A realidade estrutural, social e política é bem diferente.Na minha opinião ainda não vejo segurança para esse retorno.

    Responder
  • Lucineide Oliveira
    04/09/2020 18:39

    A nossa realidade no Brasil não da para comparar com a Alemanha um país de primeiro mundo.A realidade estrutural,social e política é bem diferente.Na minha opinião ainda não vejo segurança para esse retorno.

    Responder
  • Sandra Mandarano
    04/09/2020 18:46

    Mais um país que organizou um retorno gradual: primeiro os alunos dos últimos anos dos segmentos do Ensino Médio e Fundamental . Fica a dica para os Estados e municípios brasileiros.

    Responder
  • Nos falta estrutura . Mas priorizar os alunos dos últimos anos é fundamental . Agora a duvida? Quantos alunos tem em cada sala na Alemanha ?

    Responder
  • Realidade bem diferente da que vivemos no Brasil, no entanto, é muito interessante conhecermos esses novos contextos para podermos visualizar novos caminhos. Tudo isso só me faz ter a certeza de que uma volta segura só se fará após a vacina.

    Responder
  • O problema vai além dos protocolos de segurança e sim fatores comportamentais , realidades totalmente diferentes entre as crianças européias e brasileiras.So quem frequenta uma escola todo dia sabe…

    Responder
  • Fádila Vieira
    04/09/2020 20:06

    Completamente diferente do Brasil!

    Responder
  • Carolini Almeida
    04/09/2020 22:52

    É muito triste ter que ficar sempre comparando nossa realidade com a de um país de primeiro mundo. Podemos até nos basear e pegar algumas dicas, mas precisaremos focar nas nossas necessidades e possibilidades.

    Responder
  • Maria das Graças Viana Alves
    04/09/2020 23:38

    A nossa realidade é bem diferente da Alemanha.

    Responder
  • Não acredito em um retorno seguro sem vacina.

    Responder
  • Angélica almeida
    05/09/2020 01:54

    Devemos voltar, mas com segurança E com todas as medidas tomadas

    Responder
  • Angélica almeida
    05/09/2020 01:55

    Temos que voltar com retorno seguro.

    Responder
  • DORACI ALVES DE SOUZA
    05/09/2020 03:00

    A volta das aulas só será segura com a vacinação em massa.

    Responder
  • DORACI ALVES DE SOUZA
    05/09/2020 03:06

    No Brasil teríamos que ter uma estrutura bem adequada e eficiente para uma volta às aulas com segurança.

    Responder
  • Edneusa Silva de Oliveira Sales
    05/09/2020 12:05

    Todo o processo pandêmico foi muito diferente por lá…

    Responder
  • Marjorie Paula de Oliveira
    05/09/2020 22:00

    As medidas a seguirem os protocolos são as mesmas, mas depende da cultura de cada lugar e os recursos para se fazer isso com eficiência. Ressalto que mesmo assim,não estão livres de se contaminar.

    Responder
  • O que se percebe é que a volta sempre é dos alunos do fund II. Os pequenos poucos falam o que fazem.

    Responder
  • Edileuza
    06/09/2020 10:42

    Não é nossa realidade. No Brasil, é necessário que haja uma vacina para o retorno de nossas atividades” normais”

    Responder
  • Lucineia
    06/09/2020 19:05

    Percebo que independente do pais, enquanto não termos a vacina, o retorno é perigoso,por mais precauções que tomamos,sempre estão retomando,fechando novamente as escolas. é tempo de espera e confinamento.

    Responder
  • ELAINE FERNANDES FERREIRA
    07/09/2020 14:41

    Medidas básicas, um exemplo a seguir.

    Responder
  • Iara Aparecida da Silva Arruda Romano
    07/09/2020 15:52

    Eu concordo que mesmo tomando todas as medidas de segurança, ainda não da para pensar em volta segura sem vacina.

    Responder
  • Marcela Barbosa Ribeiro
    07/09/2020 19:16

    A realidade de um país que não possui saneamento básico para todos, se torna inviável até mesmo as medidas de higiene mais simples, como lavar as mãos.

    Responder
  • Saloan Lima
    07/09/2020 22:36

    Distanciamento e alunos…Duas palavras que não combinam!

    Responder
  • Enquanto não houver vacina contra o novo covid-19 não é seguro retomar as aulas presenciais.

    Responder
  • Sem vacina não é seguro a volta às aulas

    Responder
  • Elisangela
    08/09/2020 12:23

    Interessante as salas segregadas, mas para tal precisa de uma estrutura, organização e espaço físico.

    Responder
  • DIANA CRISTINA DE PAULA VALENTINUCI
    08/09/2020 17:48

    Acredito que o retorno pelo ensino médio é mais prudente, porém o uso de máscara deve ser obrigatório.

    Responder
  • A realidade é bem diferente da nossa, por isso sigo acreditando que sem vacina não há retorno seguro.

    Responder
  • Maria Aparecida de Lima e Albuquerque
    08/09/2020 19:59

    Acredito que aqui no Brasil, o retorno da Educação Infantil deverá ser o último, não tenho segurança desse retorno por diversas razões.

    Responder
  • Claudia M. Ferreira
    08/09/2020 21:38

    Ao ler o texto sobre o retorno das aulas na Alemanha, não podemos deixar de observar alguns pontos importantes, tais como: a sociedade alemã realmente seguiu e observou as medidas de isolamento e e distanciamento social, algo que não ocorreu aqui no Brasil; Um outro ponto no que diz respeito, ao controle do Covid-19 pela Alemanha que se preparou para enfrentar a pandemia de forma a não sobrecarregar o sistema de saúde, aqui em nosso país infelizmente não aconteceu assim e em alguns estados o sistema de saúde pública colapsou;As autoridades alemãs tinham um discurso unificado em relação ao enfrentamento da pandemia; O sistema educacional alemão, não possui as precariedades do sistema de ensino público brasileiro que, em muitas ocasiões as escolas não possuem torneiras funcionando nos banheiros e nas pias espalhadas pelas escolas; O governo alemão coloca a vida em primeiro lugar , já aqui no Brasil em muitas ocasiões as pressões econômicas falam mais alto.Concluindo, o Brasil é um país no qual a pandemia está fora de controle com um número altíssimo de casos por dia (acima dos 35 mil casos), o número de mortes por sua vez também é elevado com mais de 800 mortes por dia e, muitos dos nossos alunos são assintomáticos, ou seja, estão contaminados e não apresentam sintomas, o que é extremamente perigoso, não há testagem em massa da população, a maioria dos estados e municípios não realizaram um inquérito sorológico tanto nos alunos, bem como em professores e funcionários, para saber qual é o real grau de contaminação no âmbito educacional. Por fim , em minha opinião só é possível o retorno das aulas no Brasil, com segurança somente após a vacina, pois sem ela não há proteção.

    Responder
  • SUZANA TATIANA RIBEIRO BARROS RIBEIRO
    09/09/2020 18:17

    O que mais é angústiante é saber que não temos certeza da vacina.

    Responder
  • Acredito que no Brasil ainda não é possivel a reabertura das escolas, o Brasil possui outra realidade.

    Responder
  • Tamires de Assis Lima Martins
    09/09/2020 21:58

    Cada país tem suas particularidades. O Brasil é um país extremamente desigual. Sem condições seguras, não é possível o retorno.

    Responder
  • Ou seja além da estrutura também há a necessidade de consciência, educação e senso de coletividade.

    Responder
  • Concluímos que além de ter estrutura física e financeira para se adequar aos padrões que a OMS indica, há a necessidade de ter consciência coletiva e educação.

    Responder
  • Professora Angélica
    10/09/2020 21:32

    Voltar ás aulas antes de uma vacina é muito preocupante!

    Responder
  • Karina de Souza Vitor
    11/09/2020 01:40

    A Alemanha assim como outros países que tiveram um pico da doença diminuído, fizeram tentativas de retorno escolar, apostaram em medidas e equipamentos de segurança.

    Responder
  • Alessandra
    11/09/2020 13:48

    No Brasil ainda falta muito para um volta às aulas com segurança.

    Responder
  • A proposta de voltar com os alunos dos últimos anos é bem pertinente.

    Responder
  • Thais de Souza Santos
    11/09/2020 15:38

    A Alemanha é bem diferente do Brasil. Acredito que nenhum aluno está apto a voltar.

    Responder
  • Nosso país ainda não está preparado para voltar as aulas. Sem vacina acho muito inviável.

    Responder
  • Aparecida
    11/09/2020 21:48

    Como na Austrália, o uso de máscaras não foi obrigatório…

    Responder
  • Juracy Valeriano Dutra Marcial
    12/09/2020 01:49

    Muito interessante, cada país tem pelo menos uma medida diferente do outro assim estudando a vota em vários países logo teremos várias opções quando chegar a nossa vez. gostei das salas segregadas para evitar fechar toda escola por causa de um determinado contágio.

    Responder
  • Luciana Ulba
    14/09/2020 14:02

    No Brasil nossa realidade é diferente, mas é importante conhecer a realidade e os procedimentos adotados em outros países.

    Responder
  • Tudo é questão de empatia, podemos seguir o exemplo de outros países mas não esquecendo que se trata de Brasil.

    Responder
  • Tudo é questão de empatia, podemos seguir o exemplo,cada um cuidando de si e do próximo.

    Responder
  • Talita Consentino Ayres
    15/09/2020 00:13

    Sempre vimos em todos os países que retornaram as aulas, a preocupação com a forma que os protocolos são seguidos, ou seja, prezam por cumpri-los, além de darem toda a condição necessária para que isso aconteça.

    Responder
  • Fernanda
    15/09/2020 14:13

    Infelizmente nossa realidade é outra

    Responder
  • Marines Dumont Domingues Silva
    15/09/2020 21:49

    É interessante conhecermos as realidades de outros países, mas conhecemos bem a nossa realidade. Receio por um retorno repentino, sem que as escolas públicas tenham passado pelo mínimo de adaptação ou adequações sanitárias. Até o momento sabemos que isso não aconteceu na grande maioria delas. Sem condições diante da nossa realidade.

    Responder
  • Juliana Fabien Vieira Telles Rudge
    15/09/2020 23:15

    As medidas iniciais no enfrentamento do vírus com toda a certeza foram fundamentais para a queda da curva. Pensando no retorno julgo sensato iniciar pelos maiores que tem uma maior compreensão da importância dos cuidados necessários para evitar o contágio. O único ponto em que, na minha opinião, houve falha é com relação a não obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes fechados como as salas de aula.

    Responder
  • Polliane Hecht
    17/09/2020 12:44

    Infelizmente nossa realidade no Brasil é bem diferente de outros países, porque mesmo sendo obrigatório o uso de máscara “fora de casa, principalmente em locais públicos”, muitos se negam a usá-la e causam muitos problemas por isso. Constatamos quase todos os dias problemas a esse respeito, hoje mesmo passou a reportagem sobre uma pessoa que se negou a usar a máscara em um Supermercado e ao final tiveram cientes machucados, funcionários( uma delas está internada no hospital porque está grávida e ficou muito abadada com o ocorrido e a outra quebrou a mão).
    Realmente não temos condições de reabertura aqui, inocentes pagando pelo descaso com a vida de outros e a possibilidade de ser agredido. Muito triste!

    Responder
  • edina pedro
    17/09/2020 17:08

    O número de contaminados na Alemanha não podem ser comparam com os nossos.

    Responder
  • edina pedro
    17/09/2020 17:10

    O número de contaminados na Alemanha não podem ser comparados com os nossos números de casos que chegaram a milhares.

    Responder
  • Paula Costa
    17/09/2020 23:32

    Bem, em minha cidade ainda não temos nenhuma informação dada a respeito de nosso retorno e nem de procedimentos a serem tomados (protocolos), estamos aguardando. Belo exemplo da Alemanha, sinal de que é provável este retorno.

    Responder
  • Edileusa
    18/09/2020 15:02

    No Brasil infelizmente não temos condições para um retorno seguro para todos.

    Responder
  • jose rosangelo torres da silva
    18/09/2020 15:30

    Quando se fala deste ou daquele pais, sempre se observa os protocolos, mas nunca se observa a estrutura. Cabe analisar em paralelo as condições físicas para um retorno seguro e se a comunidade escolar, o que inclui pais, funcionários e demais servidores, entendem os protocolos como necessários e possíveis de serem seguidos.

    Responder
  • Maria da Aparecida Oliveira Cordeiro
    18/09/2020 20:26

    As aulas só pode voltar com a garantia de segurança.

    Responder
  • Acredito que o mais importante é a vida , ano letivo se recupera!! temos que pensar que o Brasil é um pais que não tem estrutura para um retorno seguro .

    Responder
  • SILVANA SÁ
    22/09/2020 14:47

    Adequar as escolas aos protocolos necessários será algo muito difícil na realidade em que vivemos hj.

    Responder
  • Janaine Silva Espíndola Araújo
    22/09/2020 18:40

    Precisamos pensar na segurança de todos os envolvidos no ambiente escolar e familiar.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu