Covid-19: estudo traz um alívio para professores

Gestão Escolar

Covid-19: estudo traz um alívio para professores. Segundo pesquisa da Fiocruz, chances de crianças infectarem adultos são baixas.

Nesse momento em que a vacinação de professores avança a passos lentos, uma boa notícia pode trazer um pequeno alívio aos educadores de todo o país.

Segundo dados de uma pesquisa conduzida pela Fundação Oswaldo Cruz, as crianças têm menos chance de infectar adultos com Covid-19 do que o contrário. Em outras palavras, as chances de um aluno dos anos iniciais do Ensino Fundamental infectar um professor, segundo o estudo, são baixas.

O estudo, conduzido Patrícia Brasil, chefe do Laboratório de Pesquisa Clínica em Doenças Febris Agudas do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas, foi realizado entre maio e setembro do ano passado na comunidade de Manguinhos, no Rio de Janeiro. Das 323 crianças e jovens de 0 a 13 anos acompanhadas, apenas 45 testaram positivo para Covid-19 (13,9%). Todas tiveram contato com adultos ou adolescentes sintomáticos antes de contrair a doença. Nenhum caso de adulto infectado por criança foi identificado na comunidade. Em resumo, para o Covid-19: estudo traz um alívio para professores.

Os pesquisadores alertaram que a constatação não deve servir como justificativa para um relaxamento nos protocolos de segurança. Mas o dado traz um pequeno conforto a todos os educadores que, em nome de um bem maior, a educação de nossas crianças, têm se arriscado no trabalho presencial em sala de aula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu