4 estratégias para tornar sua escola rentável

Gestão Escolar

A economia brasileira começa a dar os primeiros sinais de reaquecimento. Segundo o relatório “Perspectiva Econômica Global”, divulgado pelo Fundo Monetário Internacional em outubro, o crescimento para 2018 deve ficar em torno de 1,5%. Ainda é baixo, mas o cenário aponta para melhorias – o mesmo relatório calcula o crescimento este ano em 0,9%.

Aproveite a brecha para melhorar a organização e gestão da escola colocando em prática quatro estratégias que vão tornar sua escola rentável.

 Corte despesas desnecessárias

 

  • Economize água e luz

    Você sabia que 70% da eletricidade usada numa escola é consumida por iluminação?[1] Ou que cada aluno gasta em média de 50 a 80 litros de água por dia?[2] Intervenções simples – como a adoção de lâmpadas de LED, ou de torneiras de fechamento automático, por exemplo – podem gerar economias.

    A principal solução, porém, está no seu negócio principal: educação. Que tal educar funcionários e alunos para a necessidade de apagar as luzes quando saem da sala, ou de fechar a torneira enquanto esfregam as mãos? Use a criatividade, envolva o pedagógico e crie uma gincana ambiental de preservação de recursos, por exemplo. A escola cumpre uma importante função social e ainda reduz as despesas.

  • Fornecedores

    A escola tem os melhores acordos com os fornecedores? Há quanto tempo você não renegocia o pacote de internet, por exemplo? Volte aos fornecedores e renegocie valores para conseguir boas economias.

  • Materiais de consumo

    Você tem política de controle de impressões? Quem administra o almoxarifado e o acesso aos materiais de consumo? Eduque também a sua equipe. Economizar recursos faz bem para o planeta e para a saúde financeira da escola.

[1] Fonte: “Manual de Economia de Energia Elétrica na Escola”, da Secretaria Estadual de Energia do Governo do Estado de São Paulo.

[2]Fonte: “Água: o que o Empresário do Setor de Comércio e Serviços Precisa Saber e Fazer para Preservar este Precioso Recurso”. Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Reduza gastos com pessoal

  • Demissões

    Como você bem sabe, uma demissão injustificada custa caro. Além das verbas rescisórias, você ainda gasta com o recrutamento e o treinamento de um novo colaborador. Dispensar um funcionário, portanto, deve ser um recurso apenas para situações muito graves.

  • Horas extras

    Evite horas extras de pessoal da área intermediária como auxiliares gerais, seguranças, e funcionários administrativos.

Combata a inadimplência

Identifique os diferentes perfis de devedores e trabalhe com abordagens específicas para cada grupo:

  • Atraso eventual

    Para os esquecidos, que perderam o boleto ou esqueceram a data do vencimento e têm apenas uma mensalidade em atraso, considere a isenção dos juros para receber o pagamento imediato.

  • Atrasos médios

    No caso dos que devem há mais tempo, mas poucas mensalidades, é necessário entender o motivo dos atrasos. Se a família não tiver perfil devedor e estiver atravessando uma dificuldade pontual, considere negociar um desconto na renegociação da dívida.

  • Emergência familiar

    Se o caso envolver questões emergenciais e atípicas, como uma situação de doença ou morte na família, por exemplo, é importante estar aberto a negocia Isso demonstra o compromisso e o interesse da escola em manter um negócio positivo para ambos os lados.

  • Atraso grande

    Para o devedor atávico de grandes valores, é preciso ter cautela. Negociações com descontos podem mascarar o problema. Nada garante que ele terá condições de arcar com a dívida e as mensalidades do ano que vem. Lembre a esse devedor que você pode lançar mão de recursos administrativos como negativação do nome, não renovação da matrícula e até recuperação judicial.

Evite o problema

Além de recuperar pagamentos atrasados, você pode evitar a inadimplência futura adotando algumas medidas:

  • Cheque o histórico da família

    Estude cuidadosamente o perfil dos que buscam vaga na escola. Verifique a situação de crédito dos pais e se eles deixaram a escola anterior com as mensalidades quitadas.

  • Incentive o bom pagador

    Ofereça descontos para pagamentos antecipados. Isso incentiva os pais a agendarem os pagamentos das mensalidades.

  • Automatize a cobrança

    Use mão de recursos virtuais como o Débito Direto Autorizado, em que os bancos lançam a cobrança e avisam o cliente sobre a existência da fatura.

  • Implante um sistema de lembretes

    Crie uma rotina de avisos para evitar os esquecimentos. Mande um lembrete sobre os vencimentos uma semana antes, um segundo lembrete no dia do pagamento, e um e-mail avisando do atraso, se for o caso, cinco dias depois do vencimento.

Conquiste novos alunos

  • Bons resultados

    Uma escola com bons resultados nos principais exames escolares e vestibulares constrói uma imagem sólida de excelência, passa a ser requisitada na mídia e melhora a capitação de alunos. Não deixe de explorar o que você tem de bom.

  • Valorização dos professores

    Invista continuamente na formação e reciclagem dos docentes. É uma ótima forma de mantê-los motivados e garantir o melhor aprendizado para os alunos. É importante também divulgar junto aos pais as ações de valorização dos professores, porque elas mostram a preocupação constante com a qualidade

  • Gestão escolar sólida

    A saúde financeira da escola e uma gestão escolar profissional são fatores de atração de novas famílias.

  • Inovação no currículo

    Investir em um currículo melhor estruturado é o melhor caminho para ampliar o número de alunos. E a Base Nacional Comum Curricular, em fase final de formulação, vai exigir que sua escola se prepare para desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos. Aproveite essa oportunidade para inovar no currículo e melhorar a sua captação de alunos.

 

E a sua escola? Tem práticas inovadoras para melhorar a rentabilidade e melhorar a captação de alunos? Deixe seu comentário com sugestões e dúvidas e nossa equipe de especialistas terá o maior prazer em respondê-las.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu