O desafio de continuar aprendendo

Gestão Escolar

O desafio de continuar aprendendo. Especialmente num país como o Brasil, onde o direito à Educação não está plenamente garantido a todos. 

Basta observarmos o que acontece com jovens e adultos para chegarmos a essa constatação.

Somente no segundo semestre de 2021, 407 mil jovens entre 15 e 17 anos deixaram a escola sem concluir o Ensino Médio, o equivalente a 4,4% do total. Os dados foram levantados pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE.

Além disso, o analfabetismo funcional entre pessoas de 15 a 64 anos subiu de 27% dessa população em 2015 para 29% em 2018 (último dado disponível). No entanto, a meta estabelecida pelo Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado em 2014, era reduzir esse percentual para 13,5% em 2024.

O analfabetismo entre pessoas com mais de 15 anos permanece num patamar elevado: 11 milhões de pessoas, ou 6,6% dos jovens e adultos com mais de 15 anos, não sabiam ler em 2019, ano do último dado disponível. O PNE determinava que esse índice fosse zerado em 2024.

Por que eles abandonam a escola?

São muitas as circunstâncias que levam jovens e adultos a abandonar a escola. Entre elas, destacam-se:

  • Desigualdades socioeconômicas;
  • Dificuldades de acesso à escola;
  • Necessidade de trabalhar para sustentar a família;
  • Formação deficiente nos anos iniciais da escolarização básica, o que dificulta acompanhar as aulas no Ensino Médio;
  • Desinteresse pelo currículo escolar pouco atrativo;
  • Falta de perspectivas ao final dessa etapa;
  • Gravidez na adolescência.

Por que isso é grave?

Num mercado de trabalho cada vez mais exigente e em rápida transformação, as oportunidades para geração de renda e sobrevivência serão cada vez mais restritas. Desse modo, pessoas com formação insuficiente tenderão a ser excluídas, cada vez mais.

Todavia, não deixa de ser um paradoxo. Um jovem que abandona a escola por necessidade de trabalhar para colaborar no sustento da família reduz as chances de conseguir boas oportunidades de emprego justamente por ter interrompido os estudos.

Mas é exatamente isso o que acontece.

Como contornar esse paradoxo?

A única forma de contornar o paradoxo que citamos acima é continuar aprendendo sempre. Sendo assim, nunca é tarde demais para retomar a vida escolar.

Exige sacrifício. Exige dedicação. Mas todo o esforço será recompensado.

A oferta de Educação para Jovens e Adultos no período noturno é uma das obrigações do Estado, prevista na Constituição Federal de 1988, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação de 1996 (LDB) e ampliada para abranger o Ensino Médio pela Emenda Constitucional nº 59, de 2009.

Entretanto, infelizmente nem todos os municípios e estados brasileiros dão conta de atender as demandas.

O caminho da autoformação

Diplomas formais são importantes. Mas o papel, apenas, não basta. 

Um caminho para melhorar a própria empregabilidade é investir na autoformação e na construção de um projeto de vida.

Por isso, aliadas ao desenvolvimento das habilidades socioemocionais, a autoformação e a construção de um projeto de vida podem reescrever uma história profissional.

O Projeto de Vida Mind Lab

Um dos objetivos da reforma do Ensino Médio, que entrou em vigor este ano, é justamente tornar essa etapa mais atraente e significativa para os jovens, reduzindo, dessa forma, a evasão escolar.

Um grande aliado nessa retenção dos jovens e adultos no Ensino Médio é o Projeto de Vida Mind Lab.

Focado em ampliar as perspectivas de futuro dos jovens e conectar o que se aprende com o trabalho e a vida, o Projeto de Vida Mind Lab ajuda a reduzir a evasão.

Os diferenciais do Projeto de Vida Mind Lab

Focado no desenvolvimento de habilidades para o trabalho e para a vida, o Projeto de Vida Mind Lab alia toda a expertise da Mind Lab em tecnologias educacionais inovadoras para desenvolver habilidades sociais, cognitivas, emocionais e éticas à formação profissional, inovação e empreendedorismo para ampliar as possibilidades de geração de renda.

Com ele, os alunos jovens e adultos passam a ter acesso a cursos de capacitação profissional conectados à inovação e empreendedorismo, numa experiência 100% digital e customizável a partir das áreas de interesse dos alunos.

Cursos de capacitação

São mais de 3 mil cursos digitais e capacitação oferecidos pelo Projeto de Vida Mind Lab em diferentes áreas profissionais, tais como:

  • Gastronomia
  • Beleza
  • Moda
  • Fotografia
  • Artesanato
  • Negócio
  • Odontologia
  • Variedades

Os cursos são ministrados por experts e oferecidos totalmente online na plataforma EduK. 

A partir dos cursos realizados na plataforma, o Projeto de Vida conecta o aluno a oportunidades de geração de renda na área desejada por ele.

Conheça o Projeto de Vida Mind Lab e descubra como ele pode ajudar a sua escola a tornar o Ensino Médio ainda mais significativo e a transformar o futuro de jovens e adultos em todo o Brasil.

Gostou do nosso post? Então, aproveite para seguir nossas redes sociais para ficar por dentro de todos os projetos da Mind Lab. Estamos no Facebook e no Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu