4 Filmes inspiradores para a educação socioemocional

Gestão Escolar

Nós sabemos que as férias escolares não representam necessariamente um período de férias para os educadores. Ainda assim, esse momento é sempre importante para reavaliar estratégias e propósitos para o segundo semestre.

E por que não unir um momento de pausa e reavaliação com um pouco do entretenimento do cinema? Seja depois do trabalho ou no fim de semana, separamos uma lista de filmes para ver ou rever, mas com certeza se inspirar em olhares inovadores e mais atrativos de ensino com foco em habilidades socioemocionais!

Para combinar com a leveza do período de férias, trouxemos histórias da ficção com personagens que assumiram importante desafios, sejam alunos ou professores, e nos fazem lembrar da importância das competências para além das notas e dos resultados palpáveis.

Entre algumas dessas habilidades estão a união, perseverança e a autenticidade, como um dos nortes para sua motivação diária. Aproveite para ampliar sua visão e fazer da volta às aulas um momento renovado de seu trabalho e de sua conexão com os alunos!

 

Universidade Monstros

Nessa animação da Pixar, os amigos Mike Wazowski e James P. Sullivan se conhecem durante a Universidade.

Os dois que antes eram rivias, são obrigados a participar da mesma equipe na Olimpíada dos Sustos, uma competição importante entre os alunos. Em uma equipe desfavorecida de habilidades técnicas, no início, eles estão mais preocupados com a popularidade e os resultados.

Porém logo em seguida descobrem que somente a humildade e a empatia são capazes de levá-los adiante por meio do trabalho em grupo.

O filme também remete à revisão de valores e à persistência necessária através de desafios na educação, assim como o percurso do descobrimento e aplicação de seus talentos. No fim, eles entendem que existem diferentes caminhos capazes de levá-los ao mesmo lugar e etapas a serem respeitadas, o que pode inspirar os professores a ensinarem o mesmo aos seus alunos!

 

Escola de Rock

O filme mostra a história de um músico que se passa por professor substituto, interpretado por Jack Black. Ao cair de paraquedas em uma escola cheia de padrões rígidos e foco em performance, sua chegada transforma os padrões e a convivência entre todos.

Ele propõe um novo projeto que explora talentos musicais das crianças com o objetivo de formar uma banda e participar de um festival fora da escola.

Dessa forma, ele conquista o coração de todos que rapidamente se animam e se engajam no projeto. As crianças, que antes eram sérias e estudavam individualmente, passam a trabalhar outros focos emocionais como o da autoconfiança e espírito de equipe.

A diversão desse filme nos faz lembrar do caráter lúdico e do divertimento que não pode se perder durante o processo de ensino. Remete às habilidades da autonomia, criatividade, autenticidade e união que é preciso para se atingir qualquer objetivo em comum.

Um outro ponto forte para se inspirar é o relacionamento igualitário que se desenvolve entre professor e alunos, que inclusive fazem parte da mesma banda. Mesmo de uma maneira não-explícita, fica nítido que o professor se mostra muito mais como um amigo mediador, capaz de ouvir e participar até mesmo dos dilemas mais pessoais desses alunos, enquanto os desenvolve de forma mais profunda.

 

A Teoria de Tudo

O filme conta a biografia de Stephen Hawking, um dos mais relevantes cientistas dos últimos tempos.

Após descobrir ser portador de uma doença degenerativa incurável com 21 anos (ELA – esclerose lateral amiotrófica), o brilhante estudante de física se mostra um símbolo de esperança e superação por toda sua vida.

A história de Hawking faz lembrar de seu papel como estudante e professor ao mesmo tempo. Afinal, além de seus constantes estudos e desenvolvimento de teorias, ele também foi professor na Universidade de Cambrige.

Para muito além dos feitos relacionados à sua Inteligência cognitiva, as habilidades socioemocionais de Hawking como por exemplo a da resiliência, são extremamente fortalecidas neste filme que inclusive, levanta diversos lados de sua vida emocional e afetiva.

Com certeza, uma inspiração para todos os educadores que desejam continuar se aprimorando e evoluindo, independente dos desafios enfrentados.

 

As Vantagens de Ser Invisível

O longa ajuda os educadores a se lembrarem dos desafios sociais dos adolescentes na escola. Neste filme, o protagonista é Charlie, um jovem que se sente constantemente deslocado, mas que com o apoio de dois novos amigos começa a trabalhar questões emocionais mal resolvidas de sua Infância.

Charlie convive com dramas característicos dessa fase como deslocamento social, solidão, primeiros relacionamentos amorosos e problemas com a família. Mas além disso, também lida com outras tensões ainda maiores como o suicídio de um amigo.

Um filme que ajuda a criar empatia por esses desafios através de uma visão ampla de tudo aquilo que os adolescentes podem estar vivendo de maneira mais ou menos intensa em sua vida pessoal, especialmente em torno dos convívios estabelecidos na escola.

Habilidades como autoconfiança, autoconhecimento e comunicação estão em destaque!

 

Retornando a todo Vapor!

E então, gostaram das dicas? Vale lembrar que todos eles são recomendados para assistir em família também, com indicações para todas as idades!

Ficção ou não, com certeza essas histórias podem servir de inspiração para retornar às aulas com maior foco no verdadeiro engajamento e aprimoramento de seus alunos com nortes mais amplos e profundos de aprendizado.

Afinal, os valores, os direcionamentos e a vida pessoal dos alunos e professores são fatores essenciais que precisam ser constantemente equilibrados rumo à uma educação mais saudável.

E você, tem alguma indicação de filme que faça uma reflexão à educação socioemocional? Deixe seu comentário!

 

4 Comentários. Deixe novo

  • Cristiane Alves Ribeiro
    12/08/2018 09:56

    Amei as dicas. Obrigada!

    Responder
  • Messias Santos
    12/08/2018 19:06

    “Escritores da Liberdade.”
    “Escola da Vida.”
    “Corações Valentes no mar em fúria. ”
    Essas são as minhas sugestões de filmes.

    Responder
    • Caroline Volodka
      13/08/2018 20:38

      Messias, que ótimo! Muito obrigada pelas indicações.
      Continue nos acompanhando!

      Grande abraço.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu